Cidadeverde.com

Mercado prevê que inflação feche 2017 abaixo do centro da meta

Pela sexta vez consecutiva, o mercado financeiro baixou a estimativa para a inflação deste ano. O índice medido pelo IPCA deve fechar 2017 em 4,47% - abaixo do centro da meta, segundo os economistas ouvidos para o Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central. A meta central de inflação não é atingida no Brasil desde 2009. Veja mais detalhes:

Previsão para 2017:
Inflação pela IPCA: recuou de 4,64% para 4,47% (abaixo do centro da meta, que é 4,50%).
PIB: crescimento de 0,48% (a previsão anterior era 0,49%).
Taxa de juros (Selic): previsão de 9,50% ao ano. Atualmente, os juros estão em 13% ao ano. 
Dólar: R$ 3,36
Balança comercial: US$ 47,2 bilhões de superavit.
Entrada de investimentos: US$ 70 bilhões.

Previsão para 2018:
Inflação pela IPCA: estável em 4,50% (no centro da meta).
PIB: crescimento de 2,30% (a previsão anterior era de 2,25%).
Taxa de juros: 9% a ano.
Dólar: R$ 3,49
Balança comercial: US$ 40,2 bilhões de superavit.
Entrada de investimentos: US$ 71,9 bilhões.