Cidadeverde.com

Governo Temer quer aumentar isenção do Imposto de Renda

O governo federal estuda aumentar o grupo de contribuintes isentos do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). Dependendo da realidade do Orçamento, a medida poderá ser adotada ainda em 2017, já que para reduzir o tributo não é necessário esperar a virada do ano. 

Segundo o Jornal O Estado de S.Paulo, nos estudos para elevar as isenções no IRPF, a ala política chegou a sugerir que quem recebe até R$ 8 mil por mês seja isento. Isso quadruplicaria o valor atual, de R$ 1.903,98. A Receita alertou que era um valor inviável. O ministro da Fazenda, Elizeu Padilha, já confirmou que há estudos para aumentar o teto de isenção, mas negou que o limite de R$ 8 mil seja uma alternativa. 

Ainda de acordo com o jornal, a Fazenda está analisando os cenários, comparando o comportamento da arrecadação prevista com eventuais medidas de alívio ao contribuinte. O resultado da procura por compensações é que a Receita voltou a estudar a possibilidade de criar uma nova faixa do IRPF (entre 30% e 35%) para contribuintes que têm renda acima de R$ 20 mil.