Cidadeverde.com

Conta de luz deve ter bandeira vermelha no 2° semestre de 2017

As contas de luz voltarão a ter o acréscimo da bandeira vermelha no segundo semestre do ano. O período de chuvas está bastante abaixo da média no país desde 2016 e os especialistas avaliam que isso não permitirá uma boa recuperação dos reservatórios das hidrelétricas até abril, fim do período chuvoso. Por este motivo, as termelétricas serão acionadas novamente, elevando os custos da energia para os consumidores.

Em 2017, a bandeira começou verde (sem cobrança), mas já passou a ser amarela, visto que a expectativa de chuva está em torno de 70% da média histórica. Desde fevereiro do ano passado não tem sido necessário o acionamento da bandeira vermelha, mas cerca de dois meses do próximo semestre terão essa taxa extra. 

A bandeira amarela eleva o custo da eletricidade em 2 reais a cada 100 kilowatts-hora consumidos, enquanto a bandeira vermelha gera um adicional de 3 reais a cada 100 kwh.