Cidadeverde.com

O voo atrasou por causa da greve? Veja os direitos dos passageiros

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que as companhias aéreas devem seguir, neste momento de greve, os protocolos e procedimentos padrões previstos na resolução 400/2016:

- no caso de atrasos superiores a uma hora, a companhia deve disponibilizar aos passageiros acesso à internet ou a um telefonema;

- no caso de atrasos superiores a duas horas, a companhia deve oferecer vouchers de alimentação.

- quando o atraso for superior a quatro horas, o cliente ganha direito de translado e hospedagem. 

Companhia deve fazer o alerta

Passageiros que não forem alertados por telefone, e-mail ou sms sobre os eventuais atrasos ou cancelamentos dos voos antes de comparecerem ao aeroporto podem exigir que a viagem seja realizada por outra modalidade de transporte. Passageiros que se sentirem desrespeitados ou prejudicados devem fazer uma denúncia no site da Anac ou pelo telefone 163, que funciona 24 horas por dia. 

Nota das empresas

A Gol informou que clientes com voos marcados poderão remarcar ou postergar suas viagens programadas na data, sem custos, pelos canais de atendimento online ou pelo número 0800 704 0465. 

A Azul também afirmou que os clientes afetados poderão entrar em contato pelos telefones 4003-1118 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 887 1118 (demais regiões) para verificar suas opções, mas frisou que “programação dos voos permanece inalterada”. 

Já a LATAM lamentou as “inconveniências” e informou que passageiros afetados pela situação “alheia à sua vontade” poderão alterar a data e destino do voo, assim como solicitar reembolso sem a cobrança de taxas.