Cidadeverde.com

Governo reduz meta da inflação pela 1ª vez em 14 anos


O Conselho Monetário Nacional (CMN) definiu a meta de inflação para 2019 em 4,25% e para 2020 em 4%. É a primeira vez que o centro da meta de inflação é reduzida em 14 anos.

O anúncio foi feito pelos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Dyogo de Oliveira, e o presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn.

O intervalo de tolerância é 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Esta é a meta deve ser perseguida pelo Banco Central. Isso significa que a inflação pode oscilar de 2,75% a 5,75% em 2019 sem que a meta seja descumprida. 

O Boletim Focus, que divulga a estimativa do mercado, mostrou na última segunda-feira que a inflação, segundo espera os especialistas, ficará em 4,25% em 2019. Este porcentual já vinha sendo projetado pelo mercado desde abril.