Cidadeverde.com

Somente 14% conseguiram quitar todas as dívidas com o FGTS

Pagar as dívidas com o FGTS liberado das contas inativas está sendo, de fato, uma prioridade para os trabalhadores. Pesquisa da Boa Vista SCPC revelou quais as contas que estão no topo da lista para pagamento: 

- 21% priorizaram pagar a fatura do cartão de crédito em atraso
- 16% optaram por pagar contas de concessionárias de água, luz ou gás
- 10% preferiram pagar primeiro os empréstimos pessoal e consignado
- 10% quitaram dívidas de cartão de lojas

Dos 2.880 trabalhadores entrevistados, 52% afirmaram ter direito ao saque do FGTS inativo. Destes, 57% tinham o objetivo de pagar dívidas. Outros 17% pretendiam guardar a quantia a ser recebida e 11% planejavam antecipar o pagamento de contas.

A pesquisa revelou, entretanto, que não só os que pagariam dívidas, mas também os que disseram que fariam algo diferente com o dinheiro (como poupar, fazer compras ou antecipar contas) acabaram usando o recurso extra para quitar dívidas vencidas (91%). Somente 3% pouparam; 2% anteciparam contas não atrasadas e 3% se dividiram entre compras de produtos e serviços. 

O problema é que apenas 14% dos trabalhadores conseguiram quitar todas as dívidas usando o saldo do FGTS. Das contas que ficaram pendentes:

- 25% são relativas ao cartão de crédito
- 12% são de empréstimos pessoal/consignados
- 10% são débitos de cartões de lojas
- 9% são de crediários
- 8% são contas de concessionárias (água, luz e gás)
- 8% são relativas ao cheque especial