Cidadeverde.com

Plano Safra libera R$ 471 milhões em crédito para o Piauí

Foi lançado ontem (11), no Piauí, o Plano Safra 2017-2018. Serão destinados R$ 471 milhões para crédito rural, divididos da seguinte forma:

- R$ 51 milhões para a agricultura familiar
- R$ 57 milhões para os médios produtores 
- R$ 363 milhões para a agricultura empresarial

O secretário de Desenvolvimento Rural, Francisco Limma, destaca que esses valores permitem um planejamento dos investidores. “O que o governo faz é, a partir das linhas de crédito, divulgar e orientar os empreendedores, em geral, sobre o que há disponível no Banco do Brasil para fortalecer o setor produtivo no estado e quais as condições destes créditos. O Plano Safra 2017-2018 está ajustado com o momento em que o Governo do Estado faz uma experiência piloto do Piauí Empreendedor, que vai reforçar este segmento produtivo de menor escala. O objetivo é tornar o estado cada vez mais produtivo, agregar valor à esta produção e criar condições para continuar desenvolvendo o Piauí”, enfatizou.

O superintendente regional do Banco do Brasil, João Batista Feitosa ressalta que a proposta para o Piauí é 'muito alavancadora', porque estamos saindo de uma aplicação de R$ 200 milhões na safra anterior para um patamar de quase R$ 500 milhões. “Há uma perspectiva de aumento pela procura dos nossos produtores rurais. A maior novidade deste Plano Safra é a redução das taxas em quase todas as linhas de crédito. Além disso, o Piauí está sendo visto de uma forma muito positiva no segmento do agronegócio; com isso, o Banco do Brasil precisa estar junto com estes produtores para, unidos, alavancarmos estas atividades no Piauí”, afirmou.