Cidadeverde.com

Temer: reforma trará empregos e deixará país mais competitivo

Em pronunciamento na noite de ontem, após a aprovação da reforma trabalhista, o presidente Michel Temer (PMDB) declarou que a nova legislação trará mais empregos e deixará o país mais competitivo.

“Essa aprovação da proposta é uma vitória do Brasil na luta contra o desemprego e um país mais competitivo. É com muita satisfação que digo que tive a coragem de propor essa mudança para o país, portanto para todos os brasileiros. Nela eu me empenhei desde o início do meu mandado. Seu sentido pode ser resumido de uma forma singelíssima: nenhum direito a menos, muitos empregos a mais”, disse.

O presidente avalia que as novas regras são mais adequadas à realidade brasileira e prepará o mercado de trabalho às demandas do presente e exigências do futuro. “Os tempos mudaram e as leis precisam se adaptar. O nosso governo está conectado com o século 21”, disse.

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, disse que a reforma trabalhista deve ser sancionada na quinta-feira (13) pelo presidente Michel Temer, e que depois deve ser editada uma medida provisória com mudanças no texto. Representantes do Ministério do Trabalho, da Casa Civil e de quatro centrais sindicais, estão analisando pontos que devem ser mudados pelo governo por meio de medida provisória, ainda sem data para ser editada.