Cidadeverde.com

PMT economiza R$ 35 milhões em licitações nos primeiros sete meses do ano

R$ 35.454.268,40 - esse é o valor que a Prefeitura de Teresina calcula ter economizado de janeiro a julho deste ano, através de processos licitatórios. Este número consiste na diferença do preço médio praticado no mercado e o valor efetivamente homologado no certame.

Conforme o relatório compilado pela Secretaria Municipal de Administração, nos primeiros sete meses do ano, foram realizadas 107 licitações, sendo 35 concorrências, 33 pregões presenciais, 31 pregões eletrônicos, cinco tomadas de preço, dois RDCs e uma carta convite. Ao todo, os valores estimados das licitações somavam R$ 125.172.110,51; contudo, os valores licitados ficaram em R$ 89.717.842,11.

Para o secretário municipal de Administração Manoel de Moura Neto, a economia é reflexo do uso do pregão eletrônico. “Estamos fortalecendo a realização de pregões eletrônicos, pois esta modalidade é mais rápida, mais segura e mais transparente, porque todas as informações estão disponíveis na internet. Além disso, o pregão eletrônico abre o leque de concorrência, já que empresas de todo Brasil podem participar do certame, o que tornam os preços mais vantajosos para a administração municipal”, pondera.

Ainda segundo a prefeitura, no mesmo período do ano passado foram economizados R$ 23.919.592,25 em licitações; desta forma, quando comparada a economia alcançada em 2016 com a de 2017 constata-se um aumento de aproximadamente 46%.