Cidadeverde.com

Congresso refaz cálculos e propõe mudança na meta fiscal até 2020

O Congresso ainda precisa aprovar, mas o governo federal já refez os cálculos do rombo nas contas públicas e propõe aumentar a meta fiscal de 2017 e 2018 para um déficit de R$ 159 bilhões. O argumento principal é a fraca arrecadação deste ano, que está R$ 42,5 bilhões abaixo do previsto. 

Por enquanto, a meta em vigor é de até R$ 139 bilhões de déficit, para 2017, e de até R$ 129 bilhões, para 2018.

Ainda segundo o governo, a meta para 2019 deve passar de R$ 65 bilhões de déficit para R$ 139 bilhões de déficit. E em 2020, quando era esperado um resultado positivo em R$ 10 bilhões, o país também sofrerá um rombo, de R$ 65 bilhões.