Cidadeverde.com

Alta de impostos: previsão da inflação sobe pela 5ª vez seguida

Pela quinta semana consecutiva, os analistas do mercado financeiro sobem a estimativa da inflação para 2017 - que vinha caindo antes da alta dos impostos dos combustíveis. Ainda assim, a previsão é de que a inflação fique abaixo do centro da meta. Veja os detalhes divulgados no Boletim Focus desta segunda-feira (21), pelo Banco Central:

Previsão para 2017:
Inflação pela IPCA: subiu de 3,50% para 3,51% 
PIB: crescimento de 0,34% (a mesma previsão da semana passada).
Taxa de juros (Selic): mantida em 7,5% ao ano para o fechamento de 2017. Atualmente, os juros estão em 9,25% ao ano. 
Dólar: caiu de R$ 3,25 para R$ 3,23
Balança comercial: subiu de US$ 61 bilhões para  US$ 61,9 bilhões de resultado positivo.
Entrada de investimentos: estável em US$ 75 bilhões.

Previsão para 2018:
Inflação pela IPCA: estável em 4,20% 
PIB: crescimento de 2% (a mesma previsão da semana passada) .
Taxa de juros: estável em 7,5% a.a.
Dólar: recuou de R$ 3,40 para R$ 3,39
Balança comercial: recuou de US$ 45,8 bilhões de superavit para US$ 48 bilhões.
Entrada de investimentos: caiu de US$ 76,75 bilhões para US$ 75 bilhões