Cidadeverde.com

Com a Selic em 8,25%, veja como ficam os rendimentos da poupança

Com a Selic em 8,25%, o rendimento da poupança cai, como explicamos na semana passada aqui na Coluna Economia & Negócios. Até antes do corte dos juros, a poupança tinha rendimento fixo de 0,5% ao mês, o que dá 6,17% ao ano. Agora, a poupança passa a render 70% da Selic + a Taxa Referencial. Por ano, fica 5,77% + a TR.

Com essa nova realidade, uma aplicação de R$ 10 mil na poupança renderia R$ 577,50 em um ano. Caso se confirme a tendência de novos cortes nos juros, e se a Selic cair para 7,50% na próxima reunião do Copom, esses mesmos R$ 10 mil passariam a render apenas R$ 525 em um ano. 

De acordo com o mercado financeiro, a tendência é que os juros sigam caindo até o patamar de 7% no fim do ano. Com isso, esses R$ 10 mil renderiam somente R$ 490 ao ano. 

Mas, assim como a poupança, outros investimentos, como o Tesouro Direto, CDB e fundos DI também terão rendimento menor. Além disso, no caso da poupança, não há incidência de Imposto de Renda, como há nos demais investimentos.

Outro fator importante a ser levado em consideração é a liquidez. Investir todas as economias em um fundo com prazo de resgate de dois anos pode não ser uma boa ideia se você precisar do dinheiro antes disso, porque o valor pode render bem menos que o esperado ou até ficar menor que a aplicação feita. 

Nesse quesito, a poupança é mais atrativa por não ter prazo para resgate. Por outro lado, isso facilita os saques. Para quem não tem um controle rígido das finanças, poder sacar a qualquer hora pode inviabilizar as aplicações.