Cidadeverde.com

Inflação pode fechar ano abaixo de 3% pela 1ª vez na história

Pela quinta vez seguida, o mercado financeiro reduziu a estimativa da inflação para este ano. Agora, 2017 deve somar uma inflação abaixo dos 3%, o que implica no descumprimento da meta da inflação. Se confirmado, esta será a primeira vez que o IPCA fechará abaixo do piso, desde que foi implantado o sistema de metas, em 1999. Atualmente, a meta da inflação é de 4,5% (centro), mas o valor pode variar 1,5% para mais ou para menos. Se realmente fechar abaixo dos 3%, o Banco Central terá que explicar o motivo através de carta. Veja abaixo mais informações sobre o Boletim Focus desta segunda-feira (25): 

Previsão para 2017:
Inflação pelo IPCA: desceu de 3,08% para 2,97% 
PIB: crescimento de 0,68% (na semana passada era 0,60%).
Taxa de juros (Selic): 7% até o fechamento de 2017. Atualmente, os juros estão em 8,25% ao ano. 
Dólar: caiu de R$ 3,20 para R$ 3,16
Balança comercial: subiu de US$ 61,4 bilhões de resultado positivo para US$ 62 bilhões.
Entrada de investimentos: estável em US$ 75 bilhões.

Previsão para 2018:
Inflação pela IPCA: recuou de 4,12% para 4,08%
PIB: crescimento de 2,30% (na semana passada era 2,20%) .
Taxa de juros: estável em 7% a.a.
Dólar: permanece em R$ 3,30
Balança comercial: subiu de US$ 49,7 bilhões de superavit para US$ 50 bilhões.
Entrada de investimentos: avançou de US$ 75 bilhões para US$ 77,5 bilhões.