Cidadeverde.com

Com 1,6 milhão de cabeças, rebanho do PI é o 19º maior do país

A Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM 2016), realizada pelo IBGE, revelou que os principais rebanhos da pecuária piauiense sofreram queda no ano passado e as produções de leite e mel também não tiveram bons resultados. Já a produção de ovos de galinhas e ovos de codorna registraram crescimento.

Segundo o IBGE, o levantamento evidencia o quantitativo dos principais rebanhos da pecuária, bem como os produtos obtidos (leite, ovos, mel) da exploração das atividades. 

Analisando uma série histórica de 2007 a 2016, do número de cabeças dos principais rebanhos da pecuária piauiense, percebemos que houve uma queda generalizada de todos os plantéis. Assim, no período analisado, constatamos que houve uma redução de:   

- 5,57% no efetivo de bovinos 
- 10,39%no efetivo de caprinos 
- 15,96% no efetivo de ovinos 
- 31,57% no de suínos 

O rebanho de bovinos no Brasil registrou um efetivo, em 2016, de 218.225.177 cabeças, e os estados que mais se destacaram foram: Mato Grosso, com um rebanho de 30.296.096 cabeças (13,88%), e Minas Gerais, com um efetivo de 23.637.803 cabeças (10,83%). O estado do Piauí está na 19ª colocação, com 1.639.856 cabeças (0,75% do total do rebanho brasileiro). Por sua vez o menor rebanho bovino no Brasil está no estado do Amapá, com 76.379 cabeças (0,04%). 

Contudo, se analisarmos a região Nordeste, o estado da Bahia detém o maior rebanho bovino, com 36,40% do efetivo da região, e o Maranhão vem em seguida com 26,89%. O Piauí, dentre os nove estados nordestinos, ocupa a 5ª colocação em rebanho, com 5,76% do efetivo da região.

No Piauí, os municípios que mais se destacam no quantitativo do rebanho bovino são: Corrente (51.454 cabeças), Parnaguá (41.789 cabeças), Bom Jesus (26.747 cabeças) e Campo Maior (25.587 cabeças). 

No tocante aos produtos obtidos da pecuária/criação de animais, a série histórica dos últimos dez anos apresentou o seguinte comportamento: 

- a produção de leite caiu 3,78%, de 76.409.000 litros em 2007, para 73.518.000 litros em 2016 
- a produção de mel caiu 12,47%, de 3.483 toneladas em 2007, para 3.048 toneladas em 2016 
- a produção de ovos de galinha cresceu 23,38%, de 16.721.000 dúzias em 2007, para 20.631.000 dúzias em 2016 
- a produção de ovos de codorna cresceu 55,15%, de 379.000 dúzias em 2007, para 588.000 dúzias em 2016