Cidadeverde.com

Lojas e supermercados devem ter prejuízo de 20% com feriadão

Apesar da campanha do Sindicato dos Lojistas do Piauí e da Câmara de Dirigentes Lojistas, prefeitura e governo a decretar ponto facultativo após o feriado, o que, segundo as entidades, causam prejuízo de 18% nas vendas em um único dia. 

Os servidores poderão folgar na quinta, que é feriado, na sexta, que é ponto facultativo, e no final de semana, quando eles geralmente já não trabalham. Ou seja, serão quatro dias de folga. Com isso, muitas pessoas aproveitam para viajar e a cidade fica esvaziada, refletindo na redução do volume de vendas.

Outro setor que tem demonstrado bastante preocupação com os feriadões é o de supermercados. O empresário Raul Lopes, da Associação de Supermercadistas, calcula um prejuízo de cerca de 20% por dia.

"O governo faz campanha para aumentar a arrecadação do ICMS, mas decreta ponto facultativo. Há um prejuízo enorme para os supermercados, são vendas que não recuperamos, são produtos perecíveis que precisam ser repostos. É um transtorno muito grande", argumenta.

Lopes também critica a justificativa de que a população antecipa as compras. "Não existe isso, temos pesquisas que comprovam que ninguém antecipa as compras. Teremos um prejuízo na sexta, outro no sábado e outro no domingo. E domingo é hoje o segundo dia mais importante para os supermercados", completa.

Sobre o aumento de impostos, o empresário declarou acreditar na majoração dos preços nos supermercados. "Quem paga o aumento dos impostos é o consumidor. Não temos como fugir disso. Tudo é repassado", enfatiza.