Cidadeverde.com

Cartão de loja e empréstimos são as contas que mais levam à inadimplência

Cartões de loja e empréstimos são os principais causadores da inadimplência dos brasileiros. Em cada dez inadimplentes que possuem cartões de loja, oito (80%) se encontram nessas condições porque atrasaram essa conta.

Em 2016, o percentual de atrasos com essa modalidade de crédito era de 73%. 

A segunda modalidade de crédito que mais gera negativação de CPF são os empréstimos em bancos ou financeiras: 65% dos entrevistados que têm esse tipo de compromisso ficaram com o ‘nome sujo’ em decorrência de atrasos em suas parcelas. Nesse último caso, houve uma queda de 10 pontos percentuais na comparação com o ano passado.

Veja a lista das contas que mais ficam atrasadas:

- Cartão de loja: 80%
- Empréstimos: 65%
- Cartão de crédito: 65%
- Cheque especial: 64%
- Crediário: 60%
- Cheque pré-datado: 51%
- Financiamento de automóvel ou moto: 50%
- Crédito consignado: 38%
- Financiamento da casa própria: 27%
- Mensalidades escolares: 24%

Inadimplentes assumem mais compromissos financeiros

Mesmo diante do contexto econômico recessivo, o levantamento apurou que os inadimplentes brasileiros estão assumindo um número maior de compromissos financeiros, estejam eles em dia ou não. 

O crescimento mais expressivo foi nas compras realizadas no carnê ou crediário: que em um ano, passou de 11% para 21% na quantidade de entrevistados que possuem compromissos atrasados ou em dia nessa modalidade. 

O cartão de crédito também apresentou crescimento expressivo, passando de 40% para 48% de menções. Dentre os compromissos não ligados a crédito, o destaque ficou com as contas de telefonia (53%), com crescimento de 11 pontos percentuais entre 2016 e 2017 e das contas de TV por assinatura e internet, que passou de 33% para 44%. 

A única dívida bancária que tem incidência menor entre os inadimplentes na comparação com o ano passado foi o empréstimo em banco ou financeira, que passou de 27% em 2016 para 25%.