Cidadeverde.com

Candidata é impedida de fazer concurso por apresentar CNH vencida

 

Atualizada às 9h12

Uma candidata do concurso do Corpo de Bombeiros foi impedida de fazer a prova por estar com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida há cinco dias.

A CNH era o único documento de identificação com foto que a candidata havia levado ao Colégio Liceu Piauiense, onde deveria fazer a prova.

A candidata não quis se identificar mas informou que veio de Parnaíba para Teresina, para fazer a prova. Ela foi posta para fora do colégio pelo fiscal de sala, que não aceitou o documento vencido.

Fora do local, o comandante de policiamento Wilton Júnior tentou resolver a situação e levou o documento da jovem até a direção da organização do concurso, mas, de acordo com ele, a direção reforçou que o documento não é válido.

Porém, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran),  órgão ligado ao Ministério das Cidades, publicou, no dia 29 de junho deste ano, uma resolução que considera a CNH como documento oficial de identificação mesmo se ela estiver fora da validade.

Segundo a resolução, todos os órgãos da administração pública federal, estadual e municipal devem aceitar o documento vencido, assim como bancos, aeroportos, entre outros. O Contran entendeu que a validade tem relação apenas com o prazo de vigência do exame de aptidão física e mental, e não em relação aos dados pessoais do motorista.

Questionado sobre essa norma, o presidente do Nucepe (instituição que organiza o certame), Pedro Soares, informou que o edital do concurso estabelece que documentos vencidos não serão aceitos. "Se aceitássemos, estaríamos abrindo um precedente muito grave. Teríamos que aceitar, por exemplo, carteiras de conselhos de classe já vencidas. Por isso optamos por não aceitar", explicou.

Somente no Colégio Liceu Piauiense duas pessoas foram eliminadas do concurso por irregularidade nos documentos. Além da jovem com a CNH vencida, foi eliminado também um candidato que havia adulterado a carteira de identidade. Ele trocou a foto por uma de quando era criança. "Se ele tivesse feito a prova, sairia daqui direto para a delegacia", informou o comandante de policiamento.

As informações são do repórter Tiago Melo, da TV Cidade Verde.

Postada às 8h17

Está sendo aplicada na manhã deste domingo (19) a prova do concurso do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar. Ao todo, 5.100 candidatos disputam 110 vagas.

A maior concorrência foi registrada para candidatas do sexo feminino, com 104.8 por uma vaga, enquanto que a concorrência masculina registrou uma procura de 40.5 por vaga.

A prova começa às 8h30 e será aplicada até as 13h30. 

Segundo a Secretaria de Segurança, todo o aparato de inteligência das polícias Civil e Militar do Piauí estará em alerta para assegurar tranquilidade a quem vai fazer o concurso. 

São oito locais de aplicação de prova, todos com detector de metais e equipamentos para detectar mensagens enviadas por telefone celular. Os locais de prova são: Campus Torquato Neto, Liceu Piauiense, Ifpi da zona sul, Centro Educacional Odilon Nunes e colégios Eurípedes de Aguiar, Benjamin Batista, Murilo Braga e Severiano Sousa, todos na zona norte de Teresina.