Cidadeverde.com

Governo garante prorrogar prazo de renegociação das dívidas rurais


 
A Bancada do Nordeste, coordenada pelo deputado federal Júlio César (PSD), esteve reunida nesta terça-feira (21), com o presidente Michel Temer (PMDB), no Palácio do Planalto, para tratar da prorrogação do prazo de renegociação das dívidas dos produtores rurais. O prazo atual para aderir aos benefícios da Lei 13.340/16 encerra dia 29 de dezembro. O presidente da República garantiu a prorrogação e aguarda apenas a análise do Ministério da Fazenda, para confirmar definitivamente, o alongamento do prazo para mais doze meses.

De acordo com o deputado Júlio Cesar, a dificuldade do produtor rural negociar com os bancos foi a maior motivação para tratar com o governo Federal da prorrogação dos prazos. “O Banco do Nordeste, Banco do Brasil e Banco da  Amazônia reconheceram dificuldades na operacionalização e  divergências nos  cálculos das dívidas. O próprio presidente Temer reconheceu que atender mais de um milhão de agricultores, para serem enquadrados em um ano não é fácil. Só no Piauí são mais de 120 mil agricultores, tudo isso o motivou a prorrogar esse prazo”, explica.
 
Finor e Finam
Na mesma reunião, os coordenadores das bancadas federais nordestinas propuseram ao presidente Temer a antecipação da prorrogação dos prazos de incentivos fiscais dos fundos de investimentos das regiões Nordeste (Finor) e Norte (Finam) por mais cinco anos.

O prazo dos financiamentos fiscais vence em 2018. Por ser um ano eleitoral, os nordestinos e nortistas querem a antecipação da prorrogação, uma vez que a lei eleitoral, além de outras restrições, proíbe a concessão de benefícios fiscais.