Cidadeverde.com

Audiência Pública discute convocação de mais agentes penitenciários

Representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Defensoria Pública e do Ministério Público estão reunidos em audiência pública na manhã desta segunda-feira (18), na Assembleia Legislativa do Piauí para discutir a crise no sistema penitenciário e a necessidade de convocação de novos agentes.

Os classificados no último concurso estão presentes e pedem que o curso de formação abranja todos os 316 que foram considerados aptos, com o argumento de falta pessoal para resolver a crise dos presídios do Piauí. Eles afirmam que existe orçamento para que todos participem do curso de formação e alegam ainda que, como essa é também uma etapa do concurso, todos deveriam fazê-la, para só depois ser divulgada uma lista com as colocações finais. 

Na semana passada, o governo anunciou que o curso de formação, que será iniciado em 3 de janeiro, terá apenas 150 vagas para agentes penitenciários. Destes, apenas 75 devem ser chamados imediatamente. Outros 75 serão chamados após a conclusão da Cadeia Pública de Altos.

Os concurseiros questionam também o motivo de a convocação desses 150 classificados não ter sido publicada no Diário Oficial do Estado, apenas nas redes sociais do governo.