Cidadeverde.com

Após sucessivas altas, Bitcoin passa a registrar desvalorização


Após sucessivas e impressionantes altas, o preço do Bitcoin passou a registrar quedas. Entre quinta e sexta-feira (22), a moeda digital desvalorizou em 25,6%, atingindo a mínima de 12.504 dólares (R$ 41.343). No domingo, a Bitcoin chegou à marca histórica, sendo cotada a 19.783 dólares (R$ 65.411). Depois disso, passou a cair e, do início da semana para cá, desvalorizou 36,8%.

As informações são do índice Coindesk, que leva em conta o valor negociado por quatro grandes corretoras da moeda virtual (Bitstamp, Coinbase, itBit e Bitfinex). 

Com as altas dos últimos tempos, investidores têm crescido os olhos para a Bitcoin, mas existe um grande risco nesse tipo de investimento. O ativo virtual é negociado livremente na internet, sem regulação ou responsável oficial. A conversão da moeda para dinheiro “real” é feita pelas  corretoras, que definem o valor segundo a oferta e demanda. Dessa forma, não há um preço “oficial” para a moeda, e seu valor depende das empresas.

A Coindesk informa que pode haver ainda mais volatilidade nos preços, por causa do fim de ano e do aumento recente na criptomoeda, devido aos ganhos elevados. Outras moedas virtuais também atingiram o ápice nos últimos dias, e tem enfrentado quedas após isso.