Cidadeverde.com

Agricultor pode renegociar crédito pelo internet banking do BNB

Foto: Ascom

Mais de cem produtores e lideranças do setor agrícola piauiense estiveram reunidas com o Banco do Nordeste do Brasil na última sexta-feira (6), em Uruçuí. No evento foram apresentadas as iniciativas do banco que serão lançadas ainda nesse primeiro semestre, a exemplo do BNB Agro Digital, que permitirá ao cliente renegociar operações de crédito a partir do internet banking. 

“Estamos também desenvolvendo uma plataforma que disponibilizará conteúdo aos produtores e projetistas, de modo a induzir a inovação no campo e impulsionar ainda mais o crescimento do agronegócio piauiense”, frisou o diretor de Administração e TI do BNB, Cláudio Freire. 

Para o presidente da Aprosoja/PI e da Câmara Setorial do Agronegócio do Estado, Altair Fianco, que planta soja e milho no município de Uruçuí, o evento demonstra a disposição do Banco em investir no desenvolvimento dos cerrados piauienses. “O Agro acontece na região de Uruçuí, Bom Jesus, Santa Filomena e Baixa Grande do Ribeiro. A diretoria do BNB se dispor a realizar uma reunião é reconhecer o valor dessa produção onde a coisa acontece. Ficamos satisfeitos em saber que o banco está modernizando o acesso ao crédito, isso fará com que os recursos para nossos investimentos fluam de forma mais ágil”, afirmou.

O BNB responde por 80,4% do crédito rural aplicado no Estado. No Nordeste, o banco aplicou nos últimos três anos R$ 19,3 bilhões no segmento, o que corresponde a aproximadamente 40% de participação no mercado. Durante o evento, o banco firmou contratos com três produtores do agronegócio da região, que somados ultrapassam R$ 6,5 milhões. Entre os pontos apresentados ao público, linhas de crédito de curto e longo prazo, voltadas para custeio agrícola e pecuário, comercialização, investimento, irrigação, energia solar e financiamentos de tecnologia e inovação.