Cidadeverde.com

Dia das Mães: lojistas esperam alta de 5% nas vendas deste ano

Foto: AF Notícias


O Dia das Mães está chegando e os lojistas piauienses se mostram bastante otimista. A data é a segunda maior do varejo, atrás apenas no Natal, e a expectativa no estado é de que haja um crescimento de 5% no volume de vendas, quando comparado ao mesmo período do ano passado. 

De acordo com Tertulino Passos, presidente do Sindilojas/PI, confecção segue na liderança entre as preferências dos consumidores. “Roupa ainda é a escolha principal dos filhos na procura dos presentes, seguido por calçados e eletrodomésticos. Em 2018, estamos apostando muito no crescimento, nossa expectativa é de superar as vendas do ano passado", declarou.

Funcionamento até as 18h

A movimentação nas lojas já deve aumentar nesta semana, mas ficará ainda mais intensa na véspera do Dia das Mães, que é o sábado, dia 12.  "Por isso, nessa data as lojas funcionarão em horário estendido, até 18h”, afirmou o presidente.

Para atender à demanda os lojistas renovaram os estoques e dão condições especiais de pagamento. Ofertas, brindes e bons preços estão entre as ações para atrair ainda mais os clientes.

74% dos brasileiros irão presentear

Comemorado no próximo dia 14, o Dia das Mães deve fazer com que 74% dos brasileiros realizem ao menos uma compra no período. Segundo estimativas do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), aproximadamente 111,5 milhões de brasileiros devem presentear alguém neste Dia das Mães, o que deve injetar cerca de R$ 17,05 bilhões nos setores do comércio e serviços.

O pagamento à vista será o meio mais utilizado pelos consumidores, sendo que em 53% dos casos o pagamento será em dinheiro e em 24%, no cartão de débito. O cartão de crédito parcelado será usado por 28% dos entrevistados. Entre os que dividirão as compras, a média é de quatro prestações.

R$ 152,98 em presentes

Considerando a soma de todos os presentes adquiridos, o gasto médio do brasileiro no Dia das Mães deve ser de R$ 152,98. No entanto, praticamente um terço dos entrevistados (34%) estão indecisos e ainda não sabem ou não decidiram o valor que pretendem desembolsar este ano.