Cidadeverde.com

Bancos seguem Caixa e reduzem juros do crédito imobiliário

Os principais bancos brasileiros decidiram reduzir as taxas de juros do crédito imobiliário, seguindo o exemplo da Caixa Econômica Federal (CEF) e, assim, acirrando a competição nas linhas de financiamento que utilizam recursos da poupança.

Com todas as mudanças dos bancos Bradesco, Santander e Banco do Brasil, as taxas mínimas em vigor ficaram bem próximas, num cenário que viabiliza o reaquecimento do mercado imobiliário.

Mas, vale destacar que as taxas de juros variam conforme os diferentes tipos de financiamentos - os que são feitos pelo Sistema Financeiro da Habitação (SFH) e pela linha pró-cotista costumam ter as taxas mais baixas, já que utilizam recursos da caderneta de poupança e do FGTS. O tempo de relacionamento com o banco, valor do imóvel, perfil e renda do consumidor também costumam influenciar diretamente os juros cobrados pelos bancos.

Veja como ficam as taxas nos principais bancos: