Cidadeverde.com

ANP deve abrir licitação para novos blocos de exploração de gás no Piauí

Foto: Ascom

O governador Wellington Dias (PT) se reuniu com o diretor da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Aurélio César Nogueira Amaral, em Brasília, para tratar da inclusão de novos blocos de exploração de gás e petróleo na Bacia do Rio Parnaíba.

Além dos oito já negociados em rodadas anteriores, o diretor apresentou perspectivas para a execução de uma licitação permanente para outros nove blocos na Bacia do Parnaíba. “O que nós esperamos é contribuir com o desenvolvimento do Piauí, em especial ali na região da Bacia do Parnaíba, com a oferta de novas áreas que possam ser concedidas”, diz Aurélio Nogueira.

Investidores interessados na exploração de um destes blocos devem manifestar interesse à ANP, que por sua vez, realizará um edital específico para que se abra concorrência. Havendo interessados, realiza-se o leilão. Não havendo, o interessado arremata pelo preço mínimo da licitação, dentro dos parâmetros geológicos de cada campo. “O importante é que é uma oportunidade a mais para estimularmos a produção de gás, que embora pareça pequena, para estados e municípios tem grande importância, já que gera emprego, renda e desenvolvimento regional”, comemora o governador.

5ª maior produção de gás

A Bacia do Parnaíba, que contempla os estados do Piauí e Maranhão, se destaca por ser a quinta do Brasil em produção de gás, o que demonstra o potencial piauiense, uma vez que a região do lado de cá do rio possui mesma geografia, e geologia semelhante. “A região maranhense dos Campos dos Gaviões, localizada na mesma bacia, é a terceira maior produtora de gás do país, perdendo apenas para os campos de exploração do pré-sal, em alto mar”, destaca o diretor.