Cidadeverde.com

IBGE: População sem instrução recua e Nordeste ainda tem metade sem instrução

Uma pesquisa divulgada nesta sexta-feira (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística aponta que o Brasil conseguiu avanços educacionais em 2017, como a redução do número de pessoas sem instrução, incremento de estudantes com a etapa do ensino básico obrigatório concluído e ainda elevação do número médio de anos de estudo da população. No Nordeste, os dados apontam que o contingente também caiu de 5,1 milhões de população sem instrução em 2016 para 4,9 milhões em 2017.

As informações constam no site Valor Econômico e expõem que ainda assim, o Nordeste concentra atualmente metade da população sem instrução.

De acordo com a reportagem, a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) mostra que a proporção de brasileiros sem instrução (menos de 1 ano de estudo) recuou de 7,8% para 7,2% da população de 25 anos ou mais de idade, na passagem de 2016 para 2017. Essa diferença representa redução em 672 mil pessoas, para 9,4 milhões. 

O levantamento aponta ainda que da mesma forma que reduziu o número de pessoas sem instrução, também houve uma melhora no indicador de pessoas que ao menos concluíram a etapa do ensino básico obrigatório, que passou de 45% para 46,1% em 2017, também considerando pessoas de 25 anos ou mais de idade. Essa idade é escolhida porque, em tese, as escolhas educacionais já foram tomadas.