Cidadeverde.com

Sefaz faz calendário de pagamento, mas hospitais mantêm suspensão do Plamta

Atualizada às 12h28

Em entrevista à Rádio Cidade Verde, o presidente do Sindicato dos Hospitais, Jefferson Campelo, informou que a suspensão dos atendimentos para Plamta e  Iapep a partir do próximo mês está mantida. 

"É uma questão de sobrevivência. Estamos tirando dinheiro do próprio bolso para pagar fornecedores. O que eu precisamos pagar em fevereiro ainda não recebemos e já estamos em junho. Não temos condições de manter isso".

O presidente disse ainda que há anos tenta negociar com o governo, mas afirma que todos os acordos foram descumpridos. 

"Não vamos nos contentar com o cronograma da Sefaz. Para nós, o que adianta é uma ação concreta, é o dinheiro na conta", afirmou.

Sefaz divulga calendário de pagamento

A Secretaria Estadual da Fazenda apresentou, na manhã desta terça-feira (19), ao Ministério Público, um calendário de pagamento dos repasses atrasados aos médicos que atendem pelo Plamta, o plano de saúde dos servidores do Piauí. 

O mesmo cronograma foi apresentado ontem (18), ao Sindicato dos Hospitais, que ainda não deu resposta, porque ainda precisa discutir com a categoria. 

Pelo cronograma apresentado, o governo regularizaria os débitos dentro de 60 dias. Veja como fica:

- Fevereiro: mês pago hoje ao Iaspi
- Março: pagamento previsto para o dia 16 de julho
- Abril: pagamento previsto para o dia 31 de julho
- Maio: pagamento previsto para o dia 15 de agosto
- Junho: pagamento previsto para o dia 31 de agosto

Segundo Emílio Júnior, Superintendente do Tesouro Estadual, os repasses de cada mês equivalem a R$ 19 milhões. Logo, o governo pagará aos médicos, até 31 de agosto, cerca de R$ 76 milhões que estavam atrasados. 

"Estou otimista que o sindicato aceite a proposta porque assim estamos mostrando que essa é uma prioridade do governo, mesmo que o estado esteja passando por dificuldades", destaca Emílio.