Cidadeverde.com

Mercado eleva estimativa de inflação para 2018, mas mantém previsão para o PIB

Foto: Agência Brasil


Depois de reduzir a previsão de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) por oito semanas consecutivas, os analistas do mercado financeiro ouvidos pelo Banco Central para o Boletim Focus mantiveram a expectativa de que o PIB de 2018 vai crescer 1,55%. Há um mês, a estimativa de crescimento da economia, para este ano, estava em 2,18%. Veja mais detalhes do boletim: 

PIB 
- 2018: estimativa mantida em 1,55%. 
- 2019: estimativa caiu de 2,60% para 2,50%.
- 2020 e 2021: economia deve crescer 2,5%

INFLAÇÃO
- 2018: estimativa avançou de 4% para 4,03% (portanto, dentro da margem de tolerância da meta, que é entre 3% e 6%).
- 2019: estimativa mantida em 4,10%.
- 2020 e 2021: inflação deve ficar em 4%

(Lembrando que o sistema de metas para a inflação em 2019 é entre 2,75% e 5,75%).

JUROS
- 2018: estimativa mantida em 6,5% até ao final do ano. Atualmente, a Selic está nesse patamar.
- 2019: estimativa mantida em 8% ao ano. 
- 2020 e 2021: juros devem ficar em 8% ao ano.

DÓLAR
- 2018: estimativa subiu de R$ 3,65 para R$ 3,70.
- 2019: estimativa inalterada em R$ 3,60.

BALANÇA COMERCIAL
- 2018: estimativa subiu de US$ 57,31 bilhões para US$ 58,28 bilhões de resultado positivo.
- 2019: a estimativa ficou estável em US$ 49,7 bilhões.

INVESTIMENTOS
- 2018: estimativa recuou de US$ 70,5 bilhões para US$ 70 bilhões .
- 2019: estimativa recuou de US$ 78,3 bilhões para US$ 76,60 bilhões.

O Boletim Focus é realizado semanalmente, ouvindo especialistas de mais de 100 instituições financeiras. O resultado é divulgado todas as segundas-feiras pelo Banco Central.