Cidadeverde.com

88% dos que planejam aposentadoria reduzem gastos do cotidiano

Foto: Agência Brasil

Manter o padrão de vida durante a aposentadoria é o desejo de muito brasileiros, mas para isso é necessário abrir mão de gastos supérfluos ou abrir mão de algum sonho de consumo. É o que revela pesquisa realizada pelo SPC Brasil e pela CNDL. 

O levantamento aponta que 88% dos entrevistados que se preparam ativamente para a aposentadoria afirmam fazer adaptações no orçamento para garantir que a reserva seja suficiente.

As principais medidas adotadas incluem:

- redução de saídas a bares e restaurantes (49%)
- compra de itens supérfluos em supermercados (46%)
- gastos com viagens (40%). 

Outro dado que chama a atenção é o fato de 21% reduzirem gastos com plano de saúde, sobretudo nas classes C,D e E (24%).

Mesmo estilo

Considerando as reservas financeiras, 74% dos que se preparam para a aposentadoria acreditam que manterão um estilo de vida confortável após deixarem o mercado de trabalho. 

Entre aqueles que mencionam contribuir com a previdência social (INSS), 45% acham que o valor da aposentadoria será suficiente para seu sustento – sendo que 24% imaginam manter o padrão de vida atual e 22% um padrão de vida menor. No entanto, 38% reconhecem que o valor não será suficiente para seu sustento — percentual que chega a 54% na classe A/B.