Cidadeverde.com

90 milhões de trabalhadores têm direito à divisão de lucro do FGTS

Foto: Divulgação/internet

Quase 91 milhões de trabalhadores brasileiros terão direito à divisão dos lucros do FGTS, referentes ao ano de 2017. Mas antes de criar grandes expectativas, vale destacar que os valores são bem pequenos. 

Serão distribuídos R$ 6,23 bilhões até o dia 31 de agosto. Na prática, o trabalhador receberá R$ 17,2 para cada R$ 1 mil de saldo na conta do FGTS. Em média, o lucro representa R$ 38 por conta.

O rendimento será de 1,72% em cima do saldo existente no dia 31 de dezembro de 2017.

O FGTS teve R$ 12,46 bilhões de lucro. Por lei, metade do valor desse lucro deve ser dividido entre todos os trabalhadores. No ano passado, o FGTS distribuiu R$ 7,2 bilhões em lucro.

Quem sacou os recursos da conta do FGTS antes do dia 31 de dezembro de 2017 não terá direito à divisão, nem mesmo proporcional ao tempo em que a conta ficou ativa e com saldo positivo. Já quem sacou o saldo do FGTS em 2018 tem direito a divisão dos lucros de 2017 e poderá, inclusive, sacar o valor.

O trabalhador poderá consultar o valor do lucro que foi depositado a partir do dia 31 de agosto, no site da Caixa.