Cidadeverde.com

Os sete erros mais cometidos em grupos de trabalho no Whatsapp

Foto: Canaltec


O WhatsApp tem crescido como uma ferramenta de trabalho e, em boa parte das vezes, chega a substituir o e-mail. Só que a dinamicidade desse aplicativo pode gerar incovenientes em grupos de trabalho. Informações importantes da empresa aparecem na mesma ferramenta onde você comenta com outras pessoas assuntos pessoais e familiares, envia fotos, vídeos e áudios de tudo que acha interessante. Até parece uma fórmula pronta para cometer deslizes. 

Uma coisa que tem sido muito feita, ultimamente, para evitar constrangimentos é determinar, por regra, os conteúdos que podem ou não serem postados. O site da Exame listou os sete erros mais comuns em relação aos grupos de trabalho no Whatsapp: 

1 - Esquecer que o WhatsApp é um documento, público e corporativo

Mesmo que o aplicativo tenha suas mensagens criptografadas, é bom lembrar que os participantes da conversa têm acesso ao que foi enviado. É preciso tomar cuidado com as informações trocadas, especialmente ao falar de temas sigilosos ou questionar políticas da empresa. O que está registrado ali não necessariamente ficará em segredo.

2 - Esquecer que cada um interpreta o que está escrito da sua maneira

Ao escrever, é melhor deixar as mensagens diretas e objetivas, pois a intenção por trás da mensagem pode ficar perdida de acordo com a interpretação de cada um. O que pode parecer uma pergunta normal pode ser vista como grosseria por outro e dificultar o trabalho. 

3 - Usar o grupo da empresa como usa com os amigos

Sabe aquela corrente que um amigo mandou? Ou aquela foto fofa do seu animal de estimação? A mensagem quilométrica de bom dia? A notícia polêmica do dia? Todas circulam pelo WhatsApp, mas é melhor passarem longe do grupo do trabalho.

4 - Fazer brincadeiras preconceituosas ou percebidas como bullying

Toda brincadeira tem limite – na vida e no grupo de trabalho também. É preciso cautela para fazer brincadeiras com os colegas pelo WhatsApp, especialmente se puderem ser percebidas como bullying, indiretas para alguém ou tocarem em temas sensíveis, como raça, cor ou gênero.

5 - Beber e escrever

Se uma piada – ou notícia falsa – pode afetar um pouco a reputação, mandar uma mensagem após beber pode ser o fim dela. De desabafo a elogio, não importa o conteúdo da mensagem: se beber, não digite.

6 - Tomar decisões importantes por mensagem

Pedir demissão por WhatsApp é uma boa? Não. Essa e outras decisões importantes ainda devem ser comunicadas pessoalmente. Se estiver aborrecido ou frustrado com o trabalho, quiser questionar o chefe ou fazer uma denúncia, procure os canais oficiais da empresa ou marque uma reunião.

7 - Achar que sempre tem razão
Se achar dono da razão é um erro que transcende o WhatsApp. Um gestor pode parecer mais autoritário ao mandar mensagens e não perceber que está prejudicando a comunicação da equipe. É bom reler e pensar na forma como será recebida a mensagem antes de mandá-la.