Cidadeverde.com

PI: arrecadação de impostos cresce 9,6% e já passa dos R$ 10 bilhões

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

R$ 10,51 bilhões - esse é o total de impostos pagos pelos piauienses de 1º de janeiro a 24 de novembro de 2018. No ano passado, levando em conta o mesmo período, a arrecadação havia somado R$ 9,59 bilhões.

Os números, coletados no site do Impostômetro, mostram uma alta de 9,6% de um ano para o outro, considerando o mesmo período (até 24 de novembro). 

O total arrecadado no Piauí durante todo o ano de 2017 foi de R$ 10,79 bilhões. No ano passado, a arrecadação do estado só chegou à marca dos R$ 10,5 bilhões em 23 de dezembro - uma diferença de quase um mês em relação a 2018.

Os impostos que mais pesam no bolso são o ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), o IOF (Imposto Sobre Operações Financeiras), o IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados) e o ISS (Imposto Sobre Serviços), nessa ordem.

Crescimento da arrecadação na capital

Somente na capital, Teresina, foram arrecadados R$ 556,73 milhões neste ano, até o momento. No ano passado, o valor foi de R$ 456,67 de 1º janeiro a 24 de novembro. A alta de um ano para o outro é de 22% até agora. 

Levando em consideração as datas, no dia 30 de outubro deste ano, os impostos arrecadados em Teresina já haviam somado o total do ano todo de 2017: R$ 513,77 milhões.

Dados nacionais

No país todo, o total arrecadado até agora é de R$ 2,11 trilhões. Os números são ainda um pouco inferiores ao total arrecadado durante todo o ano passado: R$ 2,17 trilhões, mas superam a marca para o período até 24 de janeiro: R$ 1,93 trilhão.

Dias de trabalho

Com esses números, segundo o site do impostômetro, o brasileiro precisa trabalhar 153 dias no ano apenas para pagar impostos, o que equivale a pouco mais de cinco meses.