Cidadeverde.com

Professor dá dicas específicas para o concurso da PRF

Foto: Reprodução/ TV Cidade Verde


Ainda dá tempo começar a estudar para o concurso da Polícia Rodoviária Federal? O PRF e professor de preparatórios para concursos Danilo Teivi garante que sim. Em entrevista ao Notícia da Manhã desta quarta-feira (5), ele deu várias dicas para os concurseiros que pleiteiam uma vaga no certame. 

"Nunca é tarde para começar a estudar para um concurso. Sempre há tempo. E o diretor geral da PRF disse agora que já está garantido um outro concurso para 2019, então, se não der certo nesse, você terá outra chance no ano que vem", informou o professor. 

Veja abaixo a resposta de Danilo para as dúvidas mais frequentes dos concurseiros sobre o concurso da PRF: 

- É preciso dominar todas as disciplinas do edital?

Danilo: Não. É preciso ter uma tática de estudo para atingir o maior número de pontos possível. Se você tem dificuldade em física e sabe que vai gastar muito tempo para aprender isso, você pode gastar esse tempo em outro bloco, como o de legislação de trânsito, que é um terço da prova - das 120 questões, 40 são de legislação de trânsito. É o maior peso, sem dúvidas. 

- Quantas horas de estudo devo manter a partir de agora?

Danilo: É complicado falar disso. Às vezes você estuda 12 horas por dia, mas depois de 10 horas não consegue mais assimilar o conteúdo. Tem gente que consegue manter o foco, aprendendo e assimilando por mais horas, mas acho que o ideal é estudar entre 8 e 10 horas, não corridas. Você estuda quatro, para para o almoço, descansa, volta à tarde, e à noite vai cuidar da parte física, que é importante para o Teste de Aptidão Física (TAF). 

- Ter uma boa preparação física agora é essencial?

Danilo: É bom estar bem fisicamente, mas não é necessário já conseguir os índices exigidos no TAF. Você vai ter um tempo depois da prova escrita para treinar e, se você já está com um bom preparo, isso ajuda muito. O ideal é você estudar e ir para uma academia, se fortalecer. Assim você se prepara e desopila. 

- Os aprovados têm garantia de convocação?

Danilo: Os que forem classificados dentro das 500 vagas têm a garantia de que serão chamados, sim, porque o Ministério do Planejamento já autorizou e isso é independente do governo.

- Estudar sozinho compensa ou é melhor entrar num preparatório?

Danilo: O preparatório te dá base. Os professores vão te dizer o que é mais importante estudar e o que a organizadora costuma cobrar.

Concursos abertos:
UFBA
Vagas: 52 em 17 centros
Cargo: professor substituto
Inscrições: até dia 14/12
Taxa: R$ 20 
www.ufba.br
Instituto Federal do Maranhão
Vagas: 33 
Nível: médio e técnico
Inscrições: até dia 14/12
Cargo: técnico administrativo em educação
www.fsa.org.br
PRF
Vagas: 22 para o Piauí; 500 no total
Inscrições: até dia 18/12
R$ 9.473,57
Nível: superior:  http://www.cespe.unb.br/concursos/PRF_18/