Cidadeverde.com

Novo crediário para cartão de crédito deve ser implantado em 2019

Foto: Wilson Dias / Agência Brasil

Está sendo estudada, pelo Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), uma nova forma de financiamento do consumo, que deverá ser implantada já em 2019. Esse novo modelo estabelece um crediário no cartão de crédito, a ser disponibilizado no ato da compra, que dará ao consumidor um prazo mais longo para pagamento.

Segundo o presidente da Febraban, Murilo Portugal, esta seria uma maneira de reduzir os altos juros do cartão de crédito.

"Quanto aos cartões de crédito, há um problema de subsídio cruzado entre clientes: os que usam o cartão mas pagam a fatura integralmente e os que compram no chamado parcelado sem juros acabam sendo subsidiados por aqueles que pagam juros ao rolar a dívida do cartão no rotativo. Há uma solução sendo discutida entre a indústria e o órgão regulador, prevista para 2019, para implantação de um crediário no cartão de crédito – um mecanismo de financiamento ao consumo, disponibilizado no ato da compra, com prazo mais longo e com juros cobrados ao usuário do cartão", declarou Murilo Portugal, em entrevista à Agência Brasil.

A Febraban acaba de lançar, com distribuição gratuita, o livro Como fazer os juros serem mais baixos no Brasil. Segundo o presidente da Federação, a fórmula envolve três ingredientes principais: manter condições macroeconômicas favoráveis (inflação baixa e estável; pagamento de parte dos juros da dívida pública com recursos fiscais, para que a dívida não suba como proporção do PIB; estabilidade financeira e externa); fazer reforma no ambiente do crédito, para reduzir os custos da atividade de emprestar, os custos da inadimplência, os custos operacionais, os custos tributários e regulatórios e, terceiro, continuar incentivando a competição no mercado de crédito para que as reduções de custos sejam repassadas aos tomadores de crédito.