Cidadeverde.com

Setor de Serviços gerou mais de 2.600 vagas de emprego no PI em 2018

Foto: Pedro Ventura / Agência Brasil

O setor de Serviços foi o que apresentou melhor resultado quanto ao saldo de empregos em 2018 no Piauí. Segundo os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, o setor empregou 2.613 trabalhadores a mais do que demitiu.

Em números absolutos, foram 37.685 admitidos contra 35.072 demitidos. Serviços também foi o setor com melhor saldo no mês de dezembro, resultando na criação de 705 postos de trabalho.

Em segundo lugar, tanto no ano, quanto no mês de dezembro, está o setor de Comércio. Em 2018, o Piauí registrou 25.602 contratações contra 23.895 demissões, resultando num saldo positivo de 1.707 postos no ano. Em dezembro, o saldo do Comércio foi de 549 postos.

Em terceiro lugar, no que diz respeito a todo o ano de 2018, está o setor da Indústria da Transformação. O saldo ficou positivo em 1.503 postos, resultado que poderia ter sido bem melhor se não fosse o saldo negativo de dezembro, que fechou 701 vagas.

Veja, em resumo, os resultados positivos de 2018:

- Serviços (+2.613)
- Comércio (+1.707)
- Indústria da Transformação (+1.503)
- Agropecuária (+567)
- Serviços industriais de utilidade pública (+459)
- Extrativa mineral (+56)
- Administração pública (+4)

O único saldo negativo de 2018 no Piauí foi registrado no setor da construção civil. Foram admitidas 11.545 pessoas e contra 12.792 contratadas, o que resultou no fechamento de 1.247 postos de emprego. 

Já em dezembro, houve mais resultados negativos do que positivos. Foram fechadas 915 vagas na agropecuária; 701 na indústria da transformação; 440 na construção civil; 12 nos serviços de utilidade pública e 10 na extrativa mineral. 

Clique aqui para ver mais informações sobre os dados do Caged.