Cidadeverde.com

Brasileiros preferem a poupança por medo de perder dinheiro

Foto: Pixabay / reprodução gratuita

No Brasil, poucos têm o hábito de poupar e mesmo quem tem, prefere as aplicações de menor risco. Para evitar perdas, os brasileiros não apostam muito nas estratégias de investimento.

Essa é a constatação da última pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). E é exatamente por causa desse medo de perder que a poupança ainda lidera o ranking das modalidades de investimento mais usadas no país, sendo preferência para 65% dos brasileiros.

A falta de informação sobre finanças e investimento é um grande problema no país: 25% dos poupadores preferem manter o dinheiro em casa e outros 20% o deixam parados em conta corrente. Nessas duas condições, o dinheiro não rende absolutamente nada.

Apenas 8% investem na previdência privada e 7% nos títulos do tesouro direto. 

Perfil conservador demais

A poupança é a "queridinha" da população brasileira também pela facilidade de saque e pelo costume. Mas muita gente investe na poupança por achar que não tem dinheiro suficiente para aplicações "mais arrojadas". Só que é possível investir no Tesouro Direto com valores a partir de R$ 30. E hoje já existem no mercado opções de CDB, LCI e LCA sem valor mínimo. 

Mas, 17% afirmaram ter medo de perder dinheiro, o que mostra o desconhecimento sobre as modalidades de renda fixa.