Cidadeverde.com

Sancionada lei que permite aos mototaxistas fazerem delivery

Foto: Thiago Amaral / Arquivo Cidadeverde.com


 
O projeto de lei que inclui na atividade de mototáxi a licença para realizar também o transporte de mercadorias foi sancionado pelo prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB). A proposta, de autoria do vereador Aluísio Sampaio (Progressistas), regulamenta um serviço que já era parte da rotina dos mototaxistas da capital.

“Com a sanção do projeto, temos a regulamentação de uma atividade que já existe. Os mototaxistas já estão desempenhando esse trabalho e tenho certeza que a lei vai fortalecer o serviço de mototáxi e de entregas na cidade de Teresina”, assinala.

A lei preenche a lacuna que surgiu devido ao aumento da demanda por transporte via aplicativos e queda na procura pelos mototaxistas - com a adesão aos aplicativos, os mototaxistas perderam volume de trabalho, ao mesmo tempo, a demanda pelo transporte remunerado de mercadorias é crescente na cidade. 

Para o autor da lei,  os agentes já habilitados para o transporte de pessoas poderão, agora, ampliar seu campo de atuação. “A lei amplia as possibilidades dos mototaxistas para regulamentar o transporte de pequenas mercadorias, abaixo de 5 kg. Nós estamos adicionando a possibilidade de quando o trabalhador estiver ocioso, ele possa transportar bens, documentos e mercadorias. Estamos legalizando o ‘motoboy’ dentro da licitação dos mototaxistas”, explica.