Cidadeverde.com

Sorteados ganhadores do Liquida Teresina; veja lista

  • liquida4.jpg
  • liquida3.jpg
  • liquida2.jpg
  • liquida1.jpg
  • liquida5.jpg

Foram sorteados hoje os prêmios da campanha Liquida Teresina. A liquidação aconteceu de 1º a 10 de setembro em mais de mil estabelecimentos da capital e movimento R$ 140 milhões em vendas. Os prêmios sorteados neste ano foram: um Jimmy zero km, duas motos e sete televisores. O sorteio foi transmitido ao vivo pela TV Cidade Verde, no programa Cidade Viva. 

Os ganhadores foram: 

Carro - Maria de Aguiar Carvalho                        
Motos - Ketyane Araujo Rios e Fernanda Leite da Silva                        
TVs:                       
Raimunda Maria Portela de Sousa 
Alice Veras Viana
Jeane Freitas Araújo
Elisângela Maria Costa 
Bruna Craveiro de Castro
Doroteia Alves Ferreira
José Nunes Moura                        

A entrega dos prêmios acontecerá no dia 29 (sexta-feira) na sede da CDL. 

Arrecadação federal reage e cresce 10,78% em agosto

A arrecadação total das receitas federais somou R$ 104,206 bilhões em agosto, com aumento de 10,78% em relação a agosto do ano passado, descontada a inflação pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Nos oito primeiros meses do ano, a arrecadação federal acumula R$ 862,739 bilhões, 1,73% a mais que a do mesmo período de 2016, descontando a inflação pelo IPCA.

Se forem considerados apenas os valores administrados pela Receita Federal (como impostos e contribuições), a arrecadação ficou em R$ 102,228 bilhões, com alta de 10,64% em agosto. No acumulado do ano até o mês passado, a arrecadação dos valores administrados pela Receita somou R$ 837,872 bilhões, com acréscimo de 0,81%.

No caso das receitas administradas por outros órgãos (principalmente royalties do petróleo), houve crescimento de 18,68% em agosto e de 2,88% no acumulado do ano até o mês passado.

De acordo com a Receita, a arrecadação de agosto teve impacto positivo pela melhora no recolhimento dos tributos sobre lucro ( Imposto de Renda Pessoa Jurídica - IRPJ e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido – CSLL). Também houve influência do Programa Especial de Regularização Tributária (Pert), que regulariza dívidas de contribuintes com a União e cujo prazo de adesão começou em agosto, além do aumento de alíquotas sobre a gasolina e o diesel e do crescimento da atividade econômica.

PI adere à greve dos Correios e cobra reajuste salarial de 8%


O Piauí está entre os 20 Estados que aderiram à greve dos Correios. Segundo o presidente do Sindicato no Piauí, Edilson Santos, os servidores reivindicam 8% de aumento salarial e 10% de reajuste nos benefícios, além de se posicionarem contra a retirada ou alteração de cláusulas importantes do atual acordo coletivo.

"Estamos fazendo uma reivindicação enxuta. Queremos um aumento salarial e até agora a empresa não apresentou nenhuma contraproposta, mas retirou ou alterou 41 itens do atual acordo coletivo, que dizem respeito a férias, indenizações por acidente de trabalho, etc", completa o sindicalista.

O Estado tem atualmente 192 agências, a maioria, de acordo com o sindicato, aderiu ao movimento. 

Entre os outros motivos alegados para a greve estão o fechamento de agências por todo o país, a pressão para a adesão ao plano de demissão voluntária, ameaças de demissão por causa da crise financeira e ameaça de privatização, além do corte de investimentos para o órgão. 

Os servidores afirmam ainda que houve uma mudança significativa no plano de saúde e tiveram o direito à férias suspenso, exceto os funcionários que já tinham férias vencidas. 

Os sindicatos que aderiram à greve foram:  Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Brasília (DF), Campinas (SP), Ceará, Espírito Santo, Goiás, Juiz de Fora (MG), Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Ribeirão Preto (SP), Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Maria (RS), Santos (SP), São José do Rio Preto (SP), Sergipe, Santa Catarina, Uberaba (MG) e Vale do Paraíba (SP). Dos 31 sindicatos ligados à Fentect, somente três ainda não realizaram assembleia: Acre, Rondônia e Roraima.

Agências franqueadas não estão em greve. 

A última greve dos Correios que afetou o Piauí ocorreu em maio deste ano. Com a greve, o setor de serviço -  entrega de documentos e encomendas - está suspenso.

 

Servidores cobram concurso público no MPE e criticam nº de comissionados

Funcionários do Ministério Público do Estado denunciam a substutuição de servidores concursados por comissionados e afirmam que, com o projeto que foi enviado à Assembleia Legislativa, que cria mais 55 cargos comissionados, o órgão terá mais cargos comissionados que efetivos. 

"O MP está substituindo os servidores efetivos, concursados, por servidores comissionados, justo o MP que cobra tanto do Estado e das prefeituras que façam concurso público. Isso é ir na contramão", argumenta um dos funcionários, que prefere não se identificar. 

Em contato com a Coluna, o servidor afirmou que atualmente existem 272 cargos efetivos, sendo que apenas 212 estão preenchidos e 12 estão vagos. Na outra ponta, são 263 cargos em comissão, estando vago apenas um deles. "Dos cargos em comissão ocupados, 75 estão preenchidos por servidores concursados e 187 exclusivamente por comissionados. Tudo isso pode ser visto no Portal da Transparência e, com a criação dos 55 cargos em comissão, o número de comissionados será maior que o de efetivos: serão 318 cargos em comissão, metade ocupada por servidores que fazem, exatamente, o trabalho dos efetivos", enfatiza.

Pelo projeto apresentado à Assembleia, datado de 9 de agosto deste ano, os 55 funcionários comissionados gerariam um impacto de R$ 623.193 nos últimos meses de 2017 e quase R$ 2 milhões em 2018. Clique aqui para ver o projeto: mpe02_1505911402.pdf

Outro funcionário ouvido pela Coluna explica que a Constituição Federal determina que cargo em comissão não pode desempenhar atribuições técnicas. "Mas é justamente isso que acontece no MPE, justamente o fiscal da lei", pontua.

Segundo dados do Conselho Nacional do Ministério Público publicados já em 2017, o MP do Piauí é o terceiro menor do país em quantidade de servidores efetivos. "O que é preciso é fazer um concurso público mais amplo. Será feito um em breve, mas com pouquíssimas vagas", observa o servidor.

MPE 

Através da Assessoria de Comunicação o Ministério Público do Piauí destacou que 30% dos cargos comissionados são ocupados por servidores efetivos e reforçou que está em andamento a realização de um novo concurso público, para analistas e técnicos. Além disso, afirmou que há um projeto de lei em processo de elaboração para a criação de mais cargos efetivos. Veja a nota na íntegra:

A assessoria de imprensa do MPPI informa que o quadro atual de servidores da Instituição é formado por 213 efetivos e 187 servidores exclusivamente comissionados (desses, 120 são assessores de Promotoria, com vencimento de R$ 1.068,00). Vale ressaltar que entre os servidores efetivos, 74 também são comissionados (o correspondente a quase 30% do total).

O processo para realização de um novo concurso público para servidores está em andamento. Como já amplamente anunciado pelo Procurador-Geral de Justiça do Piauí Cleandro Moura, o certame deve oferecer vagas para analistas e técnicos. Um projeto de lei está em fase de elaboração para ser enviado à Assembleia Legislativa criando novos cargos efetivos. 

A atual gestão decidiu oferecer mais condições de trabalho aos Promotores de Justiça que atuam, principalmente no interior do Estado, com o objetivo de atender melhor à sociedade. A intenção é que todos os 151 Promotores de Justiça passem a contar com pelo menos um servidor.

Preço das passagens aéreas caiu no 1º semestre de 2017


O preço médio da passagem aérea nos voos nacionais no primeiro semestre de 2017 foi de R$ 323,62 - isso significa uma queda de 2,56% nos preços, segundo os dados divulgados nesta terça-feira (19) pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O cálculo já desconta os efeitos da inflação. 

Mais de 10% das passagens foram vendidas por menos de R$ 100 no primeiro semestre e quase 60% custaram menos de R$ 300 - o que indica uma tendência de consolidação dos baixos preços no setor. 

As passagens acima de R$ 1.500 representaram 0,4% do total.

Meta fiscal pode ser mudada novamente: rombo deve ser maior

A meta fiscal deste ano corre o risco de ser revista novamente. É o que acredita a equipe econômica do governo Temer, diante das dificuldades de conseguir fechar as contas com receitas extraordinárias ainda neste ano. 

Atualmente, a meta fiscal permite um rombo de até R$ 159 bilhões nas contas públicas. O maior problema ainda parece ser o leilão de usinas da Cemig, que tem previsão de arrecadação de R$ 11 bilhões e é alvo de uma disputa judicial entre a União e o governo de Minas Gerais. Mas outras áreas também estão travadas, sem contar com a baixa arrecadação tributária. 

A ideia de rever a meta fiscal - aprovada recentemente - circula pelo Palácio do Planalto desde a semana passada, após a equipe perceber que o quadro está bem longe do equilíbrio. 

Inflação semanal recua em cinco capitais brasileiras

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) caiu em cinco das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getulio Vargas (FGV) entre a primeira e a segunda semanas de setembro. A maior queda foi observada em Porto Alegre: -0,33 ponto percentual, ao passar de 0,17% para -0,16%. Também registraram quedas e passaram a ter deflação (quedas de preços) as cidades de Rio de Janeiro (-0,15 ponto percentual, ao passar de 0,06% para -0,09%) e São Paulo (-0,13 ponto percentual, ao passar de 0,03% para -0,10%).

Mais duas cidades tiveram queda, mas continuaram registrando inflação: Brasília (-0,09 ponto percentual, ao passar de 0,52% para 0,43%) e Belo Horizonte (-0,08 ponto percentual, ao passar de 0,43% para 0,35%). Duas cidades tiveram alta na taxa, mas continuaram registrando deflação: Salvador (0,21 ponto percentual, ao passar de -0,24% para -0,03%) e Recife (0,05 ponto percentual, ao passar de -0,07% para -0,02%).

Pesquisa FGV: resultado do PIB aponta fim da recessão

A economia brasileira apresentou crescimento em todas as bases de comparação. O Produto Interno Bruto (PIB) teve crescimento de 0,6% no trimestre encerrado em julho deste ano, na comparação com o trimestre encerrado em abril. Na comparação com o trimestre encerrado em julho de 2016, a alta chegou a 1,1%. Os dados são do Monitor do PIB, divulgado hoje (18) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Considerando-se apenas o mês de julho, houve altas de 0,1% na comparação com o mês anterior e de 1,3% na comparação com julho de 2016.

"Estas taxas apontam claramente para o fim da recessão”, afirma Claudio Considera, coordenador do Monitor do PIB-FGV

Na alta de 1,1% do trimestre encerrado em julho deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, os destaques ficaram com:

- agropecuária (11,7%)

- indústria extrativa mineral (4,5%)

- indústria de transformação (1,6%)

- comércio (3%)

- transportes (2,4%)

- outros serviços (1,5%).

Sob a ótica da demanda, o consumo das famílias cresceu 1,9% no período, mas a formação bruta de capital fixo, isto é, os investimentos, recuou 4,5%. As exportações cresceram 5,7%, com destaque para os produtos da agropecuária (8,1%) e da indústria extrativa mineral (31,4%). As importações recuaram 1,8%, uma queda puxada principalmente pelo recuo da compra de bens de capital, isto é, de máquinas e equipamentos (-43,8%) pelo setor produtivo brasileiro. O PIB acumulado em 2017 até o mês de julho, em valores correntes, alcançou o valor aproximado de R$ 3,78 trilhões.

FMS divulga resultado de seleção para substituições nesta terça (19)

A Fundação Municipal de Saúde (FMS) fará a divulgação do resultado do processo seletivo para substituição de profissionais da área administrativa e de saúde às 10h30 desta terça-feira (19), no Palácio da Cidade. O processo seletivo oferece 760 vagas temporárias em diversas áreas.

As vagas de substituição de profissionais de área administrativa e da saúde são para os casos de afastamento legais de servidores por motivos diversos previstos no Estatuto do Servidor.  As vagas estão assim distribuídas: 110 para nível fundamental, 273 para nível médio e 377 nível superior, sendo 232 para médico, 145 técnico nível superior. O concurso terá validade de um ano com possibilidade de prorrogação por igual período.

O processo seletivo foi realizado sob responsabilidade da Universidade Estadual do Piauí, através do Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe). 

Tesouro Direto vai criar simulador para comparar investimentos

Uma ótima notícia para os investidores que estão entrando agora nesse universo: a partir da próxima quinta-feira (21), o Tesouro direto vai liberar um simulador que permitirá fazer comparações entre títulos públicos disponíveis e será possível também comparar esses títulos com outras aplicações, como poupança, CDB, LCI/LCA e fundo DI.

A ideia é dar autonomia e poder de escolha ao investidor, que vai poder analisar o que é mais vantajoso para ele. A própria ferramenta vai sugerir a melhor aplicação, com base no perfil indicado pelo investidor (montado a partir de um questionário).

Após responder a perguntas, a ferramenta financeira oferecerá os títulos considerados mais "adequados" aos objetivos do poupador - que poderá simular uma aplicação. Neste momento, o investidor deverá informar quanto pretende investir (podendo ser um aporte inicial, ou vários mensais) ou quanto quer receber (com simulações de um investimento único, ou valores mensais).  O resultado das comparações poderá ser enviado por e-mail.

Num primeiro momento, o simulador ficará disponível apenas no site do Tesouro. No aplicativo, a novidade só deve chegar em 2018.

Posts anteriores