Cidadeverde.com

Concursos: 7 hábitos que impedem a concentração na hora de estudar

O nervosismo e a ansiedade são alguns dos inimigos dos concurseiros, mas a hora de estudar exige muita concentração. De acordo com Gloria Mark, pesquisadora da Universidade da Califórnia, em Irvine, nosso cérebro demora em média 23 minutos para retornar plenamente à sua tarefa original após uma interrupção - daí a importância de um bom plano de estudos. 

Veja 7 hábitos que impedem a eficiência nos estudos e devem ser evitados:

1) Estudar na “companhia” do celular: a tentação de olhar as mensagens tira o foco, além disso, a vibração do celular aumenta a curiosidade.

2) Esquecer a necessidade de intervalos: o cansaço é um veneno. Pausas de 15 minutos são fundamentais para melhorar a concentração. 

3) Ambiente de estudos mal iluminado ou barulhento: silêncio ajuda a fixar conteúdo.

4) Estudar o dia inteiro uma única disciplina: o cérebro se vicia em uma única forma de raciocinar e cansa mais rápido. Trocar de disciplina depois de duas ou três horas de estudo muda a lógica e aumenta a eficiência do estudo

5) Estudar muitas disciplinas na mesma semana: diversidade demais também promove o cansaço. O ideal é separar o conteúdo em ciclos semanais.

6) Descuidar da postura: é importante que a cadeira e a mesa sejam confortáveis, porque você precisa se sentir bem para se concentrar.

7) Não enxergar prioridades: é fundamental estipular metas diárias de estudo para não se dispersar facilmente. Evite malabarismos com as obrigações do dia.

Sem recursos, CNPq suspende bolsas de pesquisa por tempo indeterminado

Novos cortes orçamentários no Ministério da Educação (MEC) e no Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) ameaçam agravar a situação de penúria da ciência nacional, com redução de recursos para bolsas e para financiamento de pesquisas nas universidades. O ministério sofreu contingenciamento de R$ 1 bilhão, uma redução orçamentária de quase 25%, que fez seu limite de empenho despencar para R$ 3,3 bilhões - o menor dos últimos 12 anos.As consequências foram sentidas imediatamente. O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), agência de fomento do MCTI, suspendeu a concessão de bolsas no exterior por tempo indeterminado. Não há como prever quantas bolsas deixarão de ser concedidas, pois o processo é sob demanda, e isso varia ano a ano. Hoje, 6,9 mil alunos recebem bolsa no exterior do CNPq, ante 10,6 mil em 2014 - uma redução de 35%.

O número de novas bolsas concedidas caiu de forma mais drástica: foram 902 em 2015, ante 9,7 mil em 2014. No primeiro trimestre deste ano, foram só 72. Grande parte dessa redução está relacionada ao fim da primeira fase do programa Ciência sem Fronteiras, cuja continuidade também está ameaçada. O único edital de grande porte lançado pelo CNPq neste ano, no valor de R$ 200 milhões, foi a tradicional Chamada Universal - que não foi aberta em 2015, por limitações orçamentárias. O CNPq não vai abrir edital sem a certeza de que há recursos disponíveis para executá-lo. As informações são do Estadão Conteúdo.

Em crise, brasileiro está gastando menos com comida


Com o desemprego em alta, os brasileiros estão cortando todos os tipos de gastos. Pesquisa do SPC aponta que quatro em cada 10 pessoas têm alguém que está sem emprego em casa, por isso, a lista de coisas "cortadas" só aumenta: 

- Mais de 70% dos entrevistados responderam que estão deixando de frequentar bares e restaurantes com amigos. Eles também evitam viajar e estão trocando os produtos que compravam rotineiramente por outros mais baratos. 

- Mais de 80% dos entrevistados assumem que estão evitando comprar roupas e sapatos por causa do endividamento. 

Com todas essas limitações, o comércio sofre. O mês de fevereiro deste ano teve alta, quando comparado ao mês anterior, mas foi bem pior que fevereiro de 2015. No geral, as vendas caíram 4% no comércio. Nos supermercados, 1,4% - o que mostra que as pessoas estão cortando até o que é essencial, como a alimentação. 

PI participa do leilão de linhas de transmissão nesta quarta

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) realiza nesta quarta-feira (13) leilão para novos empreendimentos de transmissão de energia. Serão oferecidos 24 lotes que totalizam 6.500 km de linhas de transmissão, com expectativa de investimentos da ordem de R$ 12,2 bilhões. O leilão está marcado para começar a partir das 10h, na sede da BM&FBovespa, em São Paulo.

Além do Piauí, serão licitados lotes em 19 estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Goiás, Espirito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

Os lotes atenderão usinas que já estão em processo de contrução. Segundo a Aneel, as instalações deverão entrar em operação comercial no prazo de 36 a 60 meses a partir da data de assinatura dos contratos de concessão. A aposta é de que empresas estrangeiras, como asiáticas e canadenses, apareçam com mais força no certame, com ajuda da desvalorização do real e com um momento de fraqueza ou menor agressividade dos investidores brasileiros de transmissão.

O Piauí participa do leilão em dois lotes: 

Lote A - Ceará, Maranhão e Piauí
– LT 500 kV Parnaíba III - Acaraú III C1, com 191 km;
– LT 500 kV Acaraú III - Pecém II C1, com 161 km;
– LT 500 kV Acaraú III - Tianguá II C1, com 150 km;
– LT 500 kV Bacabeira - Parnaíba III C1 e C2, com 2 x 312 km;
– SE 500 kV Bacabeira;
– SE 500 kV Parnaíba III e Compensador Estático (-150/300) Mvar;
– SE 500 kV Acaraú III;
– SE 500 kV Tianguá II.

Lote V - Maranhão e Piauí
– LT 230 kV Ribeiro Gonçalves - Balsas - C2 – 95 km;
– SE 230/69 kV Caxias II - 2x100 MVA.

 

Prazo para cadastro no Habitar Servidor se encerra na 5ªfeira

Encerra na quinta-feira (14) o prazo para cadastro de consulta do Programa Habitar Bem Servidor, um programa habitacional direcionado aos servidores municipais ativos e inativos de Teresina. Com base nos dados fornecidos neste cadastro a Prefeitura e a Caixa Econômica irão elaborar o projeto habitacional, que tem como objetivo a construção de imóveis na zona Sul da capital, próximo ao Polo Industrial.  
 
Cerca de seis mil servidores municipais já se cadastraram no programa. Os interessados deve acessar o link do IPMT (www.ipmt.teresina.pi.gov.br) ou se dirigir aos pontos de atendimento, que estão localizados no auditório do instituto e no pátio de entrada da Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e da Assistência Social (Semtcas), ambos funcionam no horário de 8h às 13h30.
 

Netflix cobrará mais caro a partir de junho

A partir de junho deste ano, a Netflix deve aumentar os preços dos planos de assinantes antigos do serviço de streaming de vídeos. Os valores cobrados por novos planos também podem ser alterados. Com a medida, sofrerá reajuste da tarifa quem tem conta no serviço no Brasil desde 2011 - quando a Netflix oferecia somente um único plano, com mensalidade de R$ 16,90. Em 2015, o valor passou para R$ 19,90. A mudança atinge mais de 2 milhões de usuários brasileiros que usam o plano padrão do serviço de streaming. Essa é a terceira vez que a empresa sobe o preços desde que chegou ao país. 

Os antigos usuários pagavam R$ 19,90, R$ 19,90 e R$ 26,90. Como a companhia prometeu apenas um ano de congelamento de preços, todos os clientes vão se adequar à nova tabela:

- Pacote básico (apenas uma transmissão por vez): aumenta R$ 2, passando a custar R$ 19,90;

- Pacote Standart (duas transmissões por vez): passa de R$ 19,90 para R$ 22,90;

- Pacote Premium (até quatro transmissões por vez): custará R$ 29,90.

"Os membros impactados pelas mudanças serão claramente notificados por e-mail e também dentro do nosso próprio serviço, de forma que eles tenham tempo para decidir qual é o melhor plano/preço para eles" - comunicou a empresa, através de uma nota à imprensa.  

 

Comércio tem maior alta para fevereiro desde 2010

O IBGE apontou para uma melhora nas vendas do comércio no mês de fevereiro. A alta foi de 1,2%, na comparação com o mês anterior - essa é a maior taxa para o mês desde 2010, quando chegou a 2,7%. Considerando todos os meses, o avanço é o mais intenso desde julho de 2013. Naquele período, o crescimento havia sido de 3%. Mas a alta ainda não compensou a perda. O varejo acumula queda de 7,6% no ano. Nos últimos 12 meses, o déficit é de 5,3%. De acordo com o IBGE, quatro atividades mantém o resultado positivo:

- cresceram as vendas de móveis e eletrodomésticos (5%);
- de hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (0,8%);
- de combustíveis e lubrificantes (0,6%);
- de artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (0,3%).

Os setores que continuaram em queda foram:

- segmentos de tecidos, vestuário e calçados (-2,8%);
- livros, jornais, revistas e papelaria (-2,4);
- equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-1,3%);
- outros artigos de uso pessoal e doméstico (-0,1%).

No caso do varejo ampliado, que considera as vendas de automóveis e de material de construção, o crescimento de 1,8% foi puxado por veículos e motos, partes e peças (3,8%) e material de construção (3,3%).

Nota Piauiense: Mais de 200 não pediram resgate do 4º sorteio

Os 219 ganhadores do 4º sorteio da Nota Piauiense que ainda não pediram o resgate da premiação têm até o dia 21 de abril para concluir a operação no site do programa. O sorteio foi realizado em dezembro. A data fecha justamente os 90 dias previstos no regulamento para o resgate desde a publicação da portaria com o resultado do sorteio. Clique aqui e veja a lista: ganhadores com situação atual 4 sorteio_1460466925.pdf

Quem não quer correr o risco de ficar sem receber o prêmio deve acessar o cadastro no site www.sefaz.pi.gov.br/notapiauiense e escolher a opção “utilização de crédito” e clicar em “crédito de sorteio”. Por fim, deve informar sua conta corrente ou poupança, sendo esta apenas do titular do CPF, juntamente com o valor da premiação que deseja resgatar.

A partir desse procedimento, o Estado tem até 30 dias para efetuar o depósito do prêmio em dinheiro na conta informada pelo titular do CPF premiado.

7 ações que garantem boa impressão na entrevista de emprego


Cada entrevista de trabalho é única, sim, mas algumas dicas devem ser seguidas em todas, para garantir um boa primeira impressão. Veja as 7 ações que levarão à contratação após uma entrevista de emprego, segundo o Portal Carreira & Sucesso:

1- Seja autoconfiante

A autoconfiança pode ser adquirida pelo preparo/treinamento, em frente ao espelho ou até mesmo fazendo vídeos e analisando cada resposta criticamente. Isso ajuda conter a ansiedade e organizar as respostas, não deixando informações importantes ficarem de fora da entrevista. 

2- Use roupas adequadas

A roupa é responsável pela primeira impressão, tanto positiva quanto negativa. Alguns tipos de roupas podem comprometer a imagem de um candidato, tais como: roupas justas, curtas, decotadas, sujas, amassadas, rasgadas, ou até mesmo, com cores e formatos extravagantes. Para não errar, pesquise sobre o ambiente e a cultura da empresa antes da entrevista.

3- Pesquise sobre a empresa.

É frequente que candidatos participam de entrevistas de emprego sem saber sobre a empresa ou até mesmo qual a vaga a que está se candidatando, o que reduz as chances de sucesso com o processo. Conhecer sobre as características da empresa e o cargo pretendido é fundamental em uma entrevista, isso demonstra o grau de interesse do candidato à vaga, bem como seu comprometimento.

4 – Seja pontual

Chegar atrasado em uma entrevista pode demonstrar desorganização e pouco comprometimento, o que causa impressões negativas. Nenhum selecionador quer correr o risco de contratar um profissional que, provavelmente, terá dificuldades para entregar suas tarefas no prazo e cumprir os horários de trabalho. Caso ocorra algum imprevisto no trajeto, avise o quanto antes a empresa e tente negociar novos horários.

5- Se expresse bem

Não use gírias, nem informalidade em excesso, o que demonstra forte despreparo e certa imaturidade por parte do candidato. 

6- Seja sincero

Mentir dados relacionados à habilidade e experiências pode ser prejudicial para a imagem de um profissional. Inventar cursos, referências e pequenos sucessos colocam o candidato em situação vulnerável, pois poderá ser pego a qualquer momento, perdendo assim, toda a possibilidade de ser contratado.

7- Demonstre respeito com experiências anteriores

Falar mal de algum chefe ou mesmo de colegas de trabalho é outro erro recorrente, ou partir para o discurso de que estava infeliz no emprego anterior porque seu chefe o perseguia, além de desviar o foco da entrevista, estará levantando questões que podem levar o recrutador a repensar a sua contratação.

Veja 5 doações que podem ser abatidas do Imposto de Renda

Há apenas cinco tipos de doações que podem ser deduzidas do Imposto de Renda, isso dentro dos limites e regras estabelecidos pela Receita Federal. Uma dessas regras é que, independente de qual doação o contribuinte faça, ela deve ser declarada com recibos que comprovem devidamente os dados das instituições beneficiadas. Outro fator importante é que essas doações não abatem a base de cálculo do imposto devido pelo contribuinte, apenas destina a essas instituições parte do que seria pago ao governo - ou seja, o total a pagar será o mesmo. 

Veja abaixo 5 doações que podem ser abatidas:

1. Doações efetuadas aos fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente (nacional, distrital, estaduais ou municipais)

2. Doações efetuadas aos fundos dos Direitos do Idoso (nacional, distrital, estaduais ou municipais)

3. Doações ou patrocínios efetuados aos programas de incentivo à cultura, à atividade de audiovisual, ao desporto

4. Incentivo ao Programa Nacional de Apoio à Atenção da Saúde da Pessoa com Deficiência (Pronas/PCD)

5. Incentivo ao Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica (Pronon).

Posts anteriores