Cidadeverde.com

Serra Gaúcha e praias do Nordeste são os destinos mais procurados pelos piauienses

Os atentados que atingiram a Europa e ameaçam os Estados Unidos, aliados à alta do dólar e o encarecimento do valor das passagens e hospedagens, fizeram os piauienses preferirem os voos domésticos neste final de ano. A constatação é do gerente de vendas da Miracéu Turismo, Adalberto Leitão. Segundo ele, os destinos nordestinos tem sido bastante procurados em 2015, mas os espetáculos natalinos apresentados na Serra Gaúcha (RS) chamaram mais a atenção dos piauienses.

"Os destinos mais procurados estão sendo o Nordeste e o Sul. E, estamos vendo que os espetáculos da Serra Gaúcha têm se consolidado, ano após ano, por isso continuam sendo tendência para as viagens de fim de ano, mas Maceió, Natal e Salvador também estão bastante procurados, assim como Balneário Camboriú (SC)", analisa o gerente.

Adalberto explica que, para quem se programou com antecedência, a viagem para a Serra Gaúcha, completa - incluindo até os espetáculos - saiu de R$ 2.200 a R$ 2.800 por pessoa. Mas, quem deixou para a última hora, pagará até 70% mais caro, por causa das passagens de avião, que sempre inflacionam nessa época do ano. 

Já os preços das viagens pelo Nordeste dependem, principalmente, do local da hospedagem. Adalberto ressalta que, como se hospedar em resorts está "na moda", essas viagens podem custar de R$ 7 mil a R$ 10 mil, como por exemplo, nos hotéis de luxo localizados na costa baiana e em Maceió. "Mas, em baixa temporada, é possível encontrar pacotes de até R$ 3 mil nesses resorts". Por outro lado, quem optou por economizar nessas viagens pelo Nordeste, vai viajar de ônibus. Adalberto afirma que a rodovia foi a alternativa mais buscada, principalmente entre os jovens. 

Os locais mais "em conta" para viajar no final do ano, de acordo com o gerente, são as capitais vizinhas: São Luís (MA) e Fortaleza (CE), nessa ordem. "Para conseguir viajar gastando menos, o mais indicado é programar com antecedência. Também é importante procurar bons descontos e, quando se contrata o pacote fechado com uma agência de turismo, a viagem sai até 30% mais barata", avalia.

Tendências para 2016

Para o gerente, a tendência em 2016 dependerá muito da realidade econômica. "O brasileiro não deixa de viajar. Isso é fato. Se essa alta do dólar for revertida, as pessoas vão voltar a viajar para a Europa. Se não, vão continuar viajando pelo Brasil, mas, o que percebemos é que antes, os piauienses viajavam muito para o litoral do Ceará e agora estão preferindo o litoral do Piauí, como Barra Grande. Essa tendência também é vista em pessoas de outros Estados", pondera.

Punta Cana é um dos destinos internacionais que deve ser tendência em 2016

Adalberto ressalta que, em 2015, a procura por pacotes de viagens para Montevidéu, no Uruguai, e Punta Cana, na República Dominicana, surpreendeu e virar tendência também em 2016. "Devido à insegurança geradas pelos atentados, esses dois destinos registraram pelo menos 12% mais procura", finaliza.

Veja o que abre e o fecha no feriado de Natal deste ano

O comércio fechará nesta sexta-feira (25), feriado do Natal. Lojas do Centro de Teresina e dos três shoppings - Rio Poty, Teresina Shopping e Riverside, ficarão fechadas. Entretanto, o feriado não será estendido para o final de semana - no Centro, os estabelecimentos comerciais voltam a abrir no sábado (26), das 8h às 13h, e nos shoppings, das 10h às 22h.  Para quem quer apenas passear com a família, o Teresina e o Rio Poty manterão abertas a área de lazer, como os cinemas e as praças de alimentação.

Supermercados também fecharão as portas. Apenas o Pão de Açúcar manterá o funcionamento no feriado de Natal. Já as farmácias devem permanecer abertas. Serviços da administração pública somente retornam as atividades na segunda-feira (28), como também os bancos, mas as lotéricas funcionam no sábado (26), das 8h às 13h, de acordo com o sindicato.

 

Ganhou um presente que não gostou? Veja como funciona o direito de troca

Recebeu um presente de Natal que não serviu? O objeto não era o desejado e você quer trocar? A associação de consumidores Proteste e o Procon dão dicas para evitar dor de cabeça na hora da troca:

1)  A principal recomendação é que, na hora de comprar um presente, o consumidor peça um cartão da loja explicando os prazos e condições de troca. Algumas lojas se negam a trocar produtos em promoção ou com a etiqueta removida, por isso é bom se informar; 

2) O consumidor também deve guardar a nota fiscal ou recibo de compra, termo de garantia e a etiqueta no produto para ter seus direitos assegurados.

3) O direito a troca só é assegurado em caso de defeito da mercadoria. Esse direito está previsto no artigo 18 do Código de Defesa do Consumidor (CDC), que estabelece que a loja é obrigada a trocar o produto defeituoso por outro igual ou semelhante, realizar os reparos necessários ou devolver o dinheiro.

4) No caso de bens duráveis com defeito, como eletrodomésticos, brinquedos e livros, o consumidor tem 90 dias para pedir a troca. Já para produtos não duráveis, como alimentos, o prazo é de 30 dias. 

5) A partir da data da reclamação, o fornecedor terá até 30 dias para solucionar o problema. Após esse prazo, se o produto continuar apresentando falha no funcionamento, o consumidor pode escolher entre trocar o produto por outro equivalente - em perfeitas condições de uso, obter desconto proporcional do preço, ou ter o dinheiro da compra devolvido com correções. A exceção são produtos essenciais (geladeira, por exemplo), cuja troca ou reparo deve ser realizado de forma imediata pelo fornecedor.

6) O direito de arrependimento, que permite trocar ou desistir do produto sem a necessidade de explicar o motivo, só é válido para as compras pela internet, por telefone ou catálogos. Em lojas, a troca de uma peça por causa de tamanho que não ficou adequado ou modelo que não agradou não está prevista no Código de Defesa do Consumidor (CDC).

7) Se a compra foi feita pela internet, a troca ou devolução por insatisfação pode ser feita sem nenhum ônus para o comprador, que deverá ter a devolução integral de qualquer valor que tenha sido pago, inclusive frete. A única exigência é que a troca ou desistência seja realizada até sete dias após a compra. 

8) Se o produto foi adquirido em lojas, o fornecedor só é obrigado a realizar a troca do produto se tiver se comprometido a isso no momento da compra. Nesse caso, as condições para fazer a troca, como prazo, local, dias e horários, devem constar na etiqueta do produto, na nota fiscal ou em um cartaz na loja. 

9) Quem não recebeu o presente na data esperada também é protegido pelo Código de Defesa do Consumidor. Conforme previsto no artigo 35, o consumidor tem o direito de pedir o dinheiro de volta à empresa e até acionar o lojista por dano moral por conta do constrangimento de o presente não ter chegado a tempo. 

10) Para que o dinheiro seja devolvido nesses casos, o produto deverá ser enviado à loja com documentos que comprovem a data do recebimento da mercadoria. É recomendável que o consumidor também envie uma carta escrita à mão explicando de que forma foi prejudicado pelo atraso.

Aeroportos do Brasil registram poucos atrasos na véspera de Natal

 

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) informou que os aeroportos operam sem grandes problemas nesta véspera de Natal (24). Dos 668 voos programados para o período da meia-noite às 10h, somente 25 sofreram atrasos. Foram cancelados 35 voos por motivos diversos. Salvador, com quatro, e Fortaleza, com três voos, registram os maiores atrasos. O maior número de cancelamentos ocorreu em Campinas, com 15 voos. Entre os aeroportos que têm voos internacionais, a situação também é tranquila. Dos 16 voos previstos para o exterior, apenas um registrou atraso no aeroporto de Brasília e um no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro.

Mudança na tributação deve gerar R$ 30 milhões em receita para o PI

Foto: Thiago Amaral / Cidadeverde.com

A partir do dia 1º de janeiro de 2016, as mudanças na tributação de compras e serviços realizados fora do Estado, como por exemplo pela internet, passarão a valer, e o Piauí deve receber um incremento na receita em torno de R$ 30 milhões por ano, já que as empresas terão que repassar 40% do valor da alíquota para o Piauí. A informação é da diretora de Tributação da Sefaz, Graça Ramos. "Antes todo o imposto ficava no Estado de origem. Agora, a empresa que vende será responsável pelo recolhimento ao Estado de destino e tem que fazer o destaque disso na nota. Isso valerá tanto para a compra feita por pessoa jurídica quanto para o consumidor final", explicou a diretora. As empresas que não tiverem inscrição na Sefaz devem colocar a mercadoria junto com a Guia Nacional de Recolhimento (GNRE), porque haverá fiscalização.

Contas de luz devem ter aumento de 4,6% em 2016

O Banco Central informou, nesta quarta-feira (23), que, em 2016, as contas de energia elétrica devem ter reajuste médio de 4,6%, mas essa estimativa não leva em conta a taxa das bandeiras tarifárias, que passaram a incidir nas tarifas neste ano. Em 2015, o uso das termelétricas contribuiu para um aumento médio de 51,6% nas contas de luz no país. Em 2014, o governo havia feito empréstimos bancários para ajudar as distribuidoras e não repassar ao consumidor, por isso não houve essa alta.

A estimativa de 4,6% leva em consideração, porém, os impactos do fenômeno El Niño, que deve elevar as chuvas em algumas regiões do país. A maior incidência de chuvas contribui para encher os reservatórios de hidrelétricas, que produzem energia mais barata. Com represas cheias, o país passa a utilizar mais energia das hidrelétricas e, consequentemente, menos as termelétricas. Por isso, a expectativa é que deve cair em 2016 a taxa paga pelos consumidores via bandeiras tarifárias.

Veja o funcionamento de bancos, lojas e supermercados na véspera de Natal

Fotos: Raobi Barbosa / Cidadeverde.com

As lojas do Centro de Teresina funcionam até as 19 horas nesta quarta-feira (23), mas amanhã, na véspera de Natal, os consumidores terão somente até as 18 horas para realizarem compras no Centro. Nos shoppings, as lojas funcionam em horário diferenciado também. No Teresina Shopping, ficam abertas até as 20 horas. No Rio Poty Shopping, até as 18 horas. Somente no Riverside, o funcionamento segue até as 22 horas. 

Os supermercados do Grupo Pão de Açúcar permanecem com as lojas abertas no horário habitual; o Extra somente até as 19 horas. O Carvalho funciona normalmente nesta véspera, com exceção das filiais da Barão de Gurguéia e da Homero Castelo Branco, que fecham uma hora mais cedo. Órgãos da administração pública terão ponto facultativo nesta quinta-feira (24), devendo funcionar somente os atendimentos de plantão. 

Já para os bancos, a Resolução nº 2.932, do Banco Central, garante ao público um atendimento mínimo de duas horas no dia 24 de dezembro. Por isso, as instituições financeiras vão atender aos clientes a partir das 10 horas e encerrar o expediente às 12 horas (horário local), segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). A Febraban informa que contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo) e outros carnês que estiverem com vencimento nos dias 25 de dezembro (uma sexta-feira) poderão ser pagos no primeiro dia útil seguinte aos feriados (28 de dezembro), sem a incidência de multa por atraso.

 

Eletrobras oferece refinanciamento de dívidas; Veja as vantagens

A Eletrobras Distribuição Piauí está concedendo, por tempo limitado, condições especiais de negociação de débitos em atraso para os consumidores das classes privadas — residencial, industrial, comercial e rural. Neste ano, a empresa está oferecendo três formas de negociação para o consumidor que estiver com faturas vencidas:

1) Para pagamentos à vista, serão dispensados 100% de juros e multas da dívida.

2) No caso de parcelamento, o desconto oferecido é de 50% nos juros e multas, com entrada mínima de 10% do valor principal. O número de parcelas em que será dividido o débito remanescente será calculado pelo sistema conforme o valor e a idade da dívida.

3) O reparcelamento de débitos já negociados e que estão em atraso também será permitido. Nesse caso, a entrada deve ser de, no mínimo, 30% do valor principal, sem descontos de juros e multas, e com número de parcelas mensais determinado pelo sistema conforme características da dívida.

Para mais informações sobre a negociação das faturas atrasadas, a Distribuidora disponibiliza o número do Call Center — 0800 086 0800 — com atendimento 24h em todo o Estado. O consumidor também pode ir diretamente a uma das Agências de Atendimento abertas ao público no horário comercial, das 8h às 17h.

Inflação: El Niño deve encarecer alimentos em 2016

 

Além dos fatores já conhecidos, como o aumento do preço dos combustíveis, por exemplo, a inflação também será influenciada pelo El Niño - fenômeno climático definido pelo aquecimento da temperatura das águas superficiais da costa do Oceano Pacífico. Isso é o que consta no Relatório Trimestral de Inflação, divulgado nesta quarta-feira (23), pelo Banco Central. Isso porque o El Niño deve provocar o encarecimento mais acentuado nos preços de alimentos in natura no início de 2016. O BC estima que o impacto do aumento desses alimentos para a variação do IPCA em 2016 alcance 0,19 ponto percentual no primeiro trimestre, recuando para 0,13 ponto percentual até o fim do ano.

O El Niño gera seca ou excesso de chuva nos trópicos e zonas subtropicais. No Brasil, o fenômeno é associado ao aumento das chuvas no Sul, Sudeste e Centro-Oeste. “O fenômeno causa alterações no padrão de chuva das distintas regiões, exercendo impacto sobre a inflação, seja pelo aumento de custos na produção de alimentos, seja pela redução nas tarifas de energia elétrica em cenário de aumento do nível dos reservatórios”, diz o relatório. No caso das tarifas de energia, a eventual troca de bandeira vermelha para amarela reduzirá a inflação em 0,18 ponto percentual. Se houver troca de bandeira de vermelha para verde, a redução na inflação será de 0,36 ponto percentual. Ao unir os dois efeitos sobre o IPCA – preços de alimentos in natura e da energia – o resultado tende a ser neutro, mas, dependendo da evolução das tarifas de energia elétrica, pode ser favorável à trajetória da inflação em 2016.

INSS abre concurso com 950 vagas e salários de até R$ 7,5 mil

 

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) lançou edital com as normas do concurso público que visa selecionar 950 candidatos nos cargos de Analista do Seguro Social e Técnico do Seguro Social. As etapas da seleção irão ocorrer em todos os 26 estados da Federação e no Distrito Federal (DF). Para nível superior, os candidatos devem possuir diploma de conclusão de curso superior em Serviço Social e registro no órgão de classe específico. São 150 vagas para o cargo de Analista, com remuneração de até R$ 7.496,09, incluindo gratificações. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

VEJA O EDITAL.

Já para nível médio, são 800 oportunidades. Os candidatos devem ter certificado de conclusão do ensino médio ou curso técnico equivalente. A remuneração corresponde à R$ 4.886,87 e a jornada de trabalho também é de 40 horas semanais.As inscrições para o concurso devem ser feitas no endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/inss_2015, entre 4 de janeiro e 22 de fevereiro de 2016. As taxas são R$ 80,00 para nível superior e R$ 65,00 para nível médio.Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas previstas para ocorrerem em 15 de maio de 2016, nas localidades citadas no edital de abertura da seleção.

Posts anteriores