Cidadeverde.com

Governo libera R$ 1 milhão para projetos de empreendedorismo no PI

Foto: Ascom Setre

O secretário de Estado do Trabalho e Empreendedorismo (Setre), Gessivaldo Isaías, foi a Brasília negociar parcerias com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). Em reunião com o secretário do MTE, Francisco Ibiapina, o gestor solicitou apoio financeiro para tocar projetos na área do empreendedorismo, economia solidária e qualificação profissional no Piauí. O encontro aconteceu na última quinta (18).

“Conseguimos hoje quase um R$ 1 milhão com o apoio do Ministério do Trabalho e Emprego e da Caixa Econômica Federal. Esse dinheiro será investido prioritariamente no empreendedorismo, na forma de microcrédito. Iremos focar na qualificação daqueles que desejam se tornar um pequeno empreendedor”, comemora Gessivaldo. O secretário apresentou também o projeto de criação do Centro do Trabalhador, um espaço onde serão ofertados diversos serviços ao trabalhador piauiense nas áreas de qualificação, empreendedorismo e intermediação de mão de obra.

 

Novas regras da aposentadoria já estão valendo; veja como funciona

O governo anunciou ontem e hoje as novas regras para o cálculo das aposentadorias já estão valendo. A fórmula 85/95, em outras palavras, quer dizer que para se aposentar com direito ao benefício integral, o trabalhador vai somar o tempo de contribuição e a idade até chegar a 85 anos, no caso de mulheres, e 95 anos, no caso dos homens. Mas, como a Previdência precisa mesmo de mais contribuições, a partir de 2017, o cálculo será acrescido de 1 ponto a cada dois anos, até 2019. Daí em diante, 1 ponto a cada ano até chegar a 90 (mulheres) e 100 (homens), em 2022. O trabalhador que entrou com o pedido até ontem (17) não está enquadrado nas novas regras e terá a aposentadoria calculada somente pelo fator previdenciário. Para os novos pedidos, poderá ser aplicado o fator previdenciário ou a fórmula 85/95 com progressividade. A nova regra não afeta o trabalhador rural. Atualmente, 53 milhões de brasileiros contribuem com a Previdência e a partir de agora, eles vão passar a conviver com essas duas opções de aposentadoria: a aposentadoria progressiva (85/95) ou o fator previdenciário, que já era aplicado. O Governo estima gastar R$ 50 bilhões a menos até 2026 com mudanças.

 

Veja os concursos abertos em 7 tribunais; salários de até 28,9 mil

Tribunal de Contas da União (TCU)

Vagas: 108
Nível: Médio e superior
Cargos: técnico federal de controle externo (nível médio) e auditor federal de controle externo (nível superior em qualquer área)
Locais de atuação: Rio Branco (AC), Macapá (AP), Manaus (AM), Brasília (DF), Cuiabá (MT), Belém (PA) e Boa Vista (RR).
Salário: de R$ 7.938,36 a R$ 14.078,66 
Inscrições: até 29 de junho no site da CESPE/UnB para o cargo de nível técnico e no mesmo site para o cargo de nível superior

Tribunal de Contas do Município de São Paulo

Vagas: 40
Cargo: agente de fiscalização 
Nível: superior em administração, biblioteconomia, ciências contáveis, ciência jurídicas, economia, engenharia civil e tecnologia da informação.
Salário: R$ 9.098,98 
Inscrições: até 5 de julho pelo site da FGV

Tribunal de Justiça de São Paulo

Vagas: 217
Cargo: juiz substituto
Nível: Superior em Direito; É preciso ser formado há pelo menos 3 anos e ter igual período de atividade jurídica. O candidato deve ter menos de 65 anos.
Salário: até R$ 24.818,71
Inscrições: até 17 de julho pelo site da Vunesp

Tribunal de Justiça de Alagoas

Vagas: 20
Cargo: juiz substituto
Nível: superior em Direito. Para concorrer é preciso ter menos de 65 anos e ter exercido atividade jurídica pelo período mínimo de três anos.
Salário: R$ 28.773 
Inscrições: até 23 de junho pelo site da Fundação Carlos Chagas

Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (Maranhão)

Vagas: 3
Cargo: juiz do trabalho substituto
Nível: superior em direito. Para se candidatar, é preciso ser bacharel em Direito e apresentar comprovação de três anos de atividade jurídica exercida após a graduação.
Salário: até R$ 27.500,17 
Inscrições: até 30 de junho pelo site do TRT da 16ª Região

Tribunal de Contas do Amazonas

Vagas: 2
Cargo: auditor. É preciso ter experiência profissional na jurídica, contábil, econômica, financeira ou de administração pública.
Salário: R$ 28.947,54
Inscrições: até 26 de junho pelo site da Fundação Carlos Chagas 

Tribunal Regional Eleitoral do Acre

Vagas: 3 e cadastro reserva
Nível: técnico e superior
Cargo: analista judiciário na área administrativa, para as seguintes especialidades: contabilidade (duas vagas) e engenharia (uma vaga), além da área judiciária (formação de cadastro reserva).
Salário: até R$ 8.804,57
Inscrições: até 25 de junho pelo site da AOCP

Governo comemora 5 milhões de MEI, mas inadimplência chega a 40%

Apesar da inadimplência de 40%, o Brasil atingiu a marca de 5 milhões de empreendedores individuais, os chamados MEI, cadastrados no Simples Nacional - programa que unifica o pagamento de tributos para micro e pequenos empresários. O governo comemorou a marca de micronegócios em uma solenidade no Palácio do Planalto. Mas, 2 milhões desses MEI não estão em dia com seus pagamentos, de acordo com a Secretaria de Micro e Pequena Empresa. Na solenidade, o governo acrescentou que 150 mil microempreendedores já mudaram de faixa e se tornaram microempresas no Simples Nacional. São considerados MEI aqueles que têm faturamento anual de até R$ 60 mil.

Negociação de impostos termina dia 30, veja como parcelar dívidas


Os contribuintes piauienses tem até o dia 30 de junho para negociarem seus débitos com o ICMS, IPVA e ITCMD. Cerca de R$ 23 milhões já foram negociados desde o dia 25 de maio e 90% deste valor é referente apenas ao ICMS. Hoje o débito dos contribuintes do Estado, incluindo os da dívida ativa, é superior a R$ 5 bilhões. Só nos últimos 10 anos, a dívida acumulada chegou a R$ 2 bilhões. Para negociar a dívida, basta se dirigir à Agência de Atendimento da Sefaz ou à Procuradoria Geral do Estado, caso o débito esteja inscrito na dívida ativa. Veja abaixo as possibilidades de negociação:

 

Reduções ICMS

•100% dos juros e das multas punitivas e moratórias, se recolhido em parcela única até no dia 30 de junho de 2015;

•90% dos juros e das multas punitivas e moratórias, se parcelado em até 06 (seis) parcelas mensais, iguais e sucessivas;

•80% dos juros e das multas punitivas e moratórias, se parcelado em até 12 (doze) parcelas mensais, iguais e sucessivas;

•60% dos juros e das multas punitivas e moratórias, se parcelado em até 24 (vinte e quatro) parcelas mensais, iguais e sucessivas;

•40% dos juros e das multas punitivas e moratórias, se parcelado em até 120 (cento e vinte) parcelas mensais, iguais e sucessivas 

Reduções IPVA

•100% dos juros e das multas punitivas e moratórias, se recolhido em parcela única até no dia 30 de junho de 2015;

•80% dos juros e das multas punitivas e moratórias, se parcelado em até 06 (seis) parcelas mensais, iguais e sucessivas;

•60% dos juros e das multas punitivas e moratórias, se parcelado em até 12 (doze) parcelas mensais, iguais e sucessivas. 

Reduções ITCMD

•100% dos juros e das multas punitivas e moratórias, se recolhido em parcela única até no dia 31 de julho de 2015;

•80% dos juros e das multas punitivas e moratórias, se parcelado em até 06 (seis) parcelas mensais, iguais e sucessivas;

•60% dos juros e das multas punitivas e moratórias, se parcelado em até 12 (doze) parcelas mensais, iguais e sucessivas.

 

É nessa sexta: Sine seleciona 500 pessoas para empresa de Call Center

O Sine-PI fará na próxima sexta feira (19) uma grande seleção de emprego para a contratação de 500 trabalhadores para uma empresa de Call Center, que está selecionando operadores de telemarketing. O processo seletivo acontece no auditório da unidade central do Sine-PI, às 14h. Os interessados devem retirar a carta de encaminhamento no setor de psicologia até quinta-feira (18) e comparecer com o documento em mãos, juntamente com as cópias e original do Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovante de residência e histórico escolar.

Na seleção, os candidatos assistem a uma palestra de reconhecimento da empresa, na qual são repassadas informações sobre salário, benefícios e plano de carreira. Após a 1ª etapa, os trabalhadores que ainda possuírem interesse na vaga participam de entrevista com o representante da empresa contratante e, por vezes, de um teste escrito. Não é necessário ter experiência de trabalho.

Mudança de hábitos: Famílias cortam gastos com lazer e refeições fora de casa

Levantamento da consultoria Plano CDE aponta que 59% das famílias brasileiras cortaram gastos com refeições fora de casa nos últimos 6 meses e 49% cortaram também as atividades de lazer, o que indica uma mudança de hábitos para enfrentar a crise econômia. A pesquisa mostra também que:

- 38% das famílias cortaram gastos com beleza
- 30% retiraram das despesas artigos para casa
- 23% deixaram de comprar novas categorias de alimento
- 19% não compram mais novas categorias de produtos de limpeza
- 16% não investem mais em produtos de higiene
- 11% cortaram o estudo próprio; o mesmo percentual parou de gastar com o plano de saúde.

Em contrapartida, itens como luz e alimentação foram os que mais sobrecarregaram o orçamento doméstico. A Classe C passou a pesquisar mais por promoções (50%) e comprar em menor quantidade (47%). Além disso, 35% está pesquisando em mais locais antes de comprar, e 30% deixou de frequentar um ponto de venda porque ficou caro. Entre os entrevistados, 24% passou a comprar no atacado. As entrevistas foram feitas em abril deste ano, com 200 entrevistados entre 25 e 34 anos, com renda familiar entre R$ 1,5 mil e R$ 2,5 mil.

BNB atinge R$ 3 bilhões de contratos ativos de microcrédito rural

O programa de microcrédito rural do Banco do Nordeste, Agroamigo, atingiu a marca de R$ 3 bilhões em sua carteira ativa, financiando atividades produtivas de mais de 1 milhão de clientes ativos. Desde que foi criada, a linha de crédito já contratou R$ 6,9 bilhões. Somente neste ano, o Agroamigo contratou mais de R$ 762 milhões, distribuídos em mais de 186 mil operações de microcrédito rural. A meta para esse ano é aplicar mais R$ 1,8 bilhão no âmbito do programa.

Autoridades se reúnem para planejar programação de férias no PI

O litoral piauiense é o principal destino nas férias e o governo já está planejando ações para melhorar a programação para este mês de julho. Nesta terça-feira (16), a Secretaria Estadual de Turismo promoveu um encontro com representantes de diferentes órgãos para discutir o assunto. Representantes do DER, Fundac, secretarias estaduais da Saúde, Segurança e Meio Ambiente, Detran, Fundespi, Prodart, Cojuv, Setrans, Agespisa, as polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, Eletrobras e Dnit foram convidados a participar do encontro. 

Destino preferido dos piauienses

Apesar do litoral do Piauí ser considerado o menor do Nordeste, com 66 km de extensão, permite acesso ao mar a quatro municípios: Ilha Grande, Parnaíba, Luís Correia e Cajueiro da Praia. Nessa pequena faixa de terra, o turista pode desfrutar do prazer de conhecer ricos ecossistemas em equilíbrio, mergulhar em águas mornas e praias de rara beleza. “Nosso litoral é lindo e rico, convidamos todos os turistas a conhecer nossas praias e nossa culinária típica. O intuito é sempre fazer com que os visitantes venham, conheçam e voltem”, finaliza o secretário de Turismo, Flávio Nogueira.

CPF na nota trará vantagens ao consumidor do PI a partir de julho

A partir do dia 1º de julho, os consumidores poderão exigir o cadastro do seu CPF na nota ou cupom fiscal das compras realizadas no varejo. A informação foi divulgada hoje (16) pela Secretaria de Fazenda do Piauí (Sefaz) e abrange supermercados, mercadinhos, restaurantes, padarias, farmácias e demais estabelecimentos, mas ficam de fora bancas de revistas e empresas cadastradas como Microempreendedor Individual (MEI). A campanha será lançada oficialmente ia 29 de junho.

O superintendente da Receita Estadual explica que, como terá vantagens, o consumidor ficará mais exigente quanto a isso. "Como a partir dessa data pedir a nota ou cupom fiscal vai valer dinheiro, certamente haverá uma exigência mais forte por parte do consumidor e esse tipo de empresa será obrigada a cumprir essa exigência por lei. Então, essas empresas do varejo devem verificar a atualização dos equipamentos para emitirem cupom ou nota fiscal com o CPF do consumidor. E as empresa que usam bloco modelo 2 devem verificar a quantidade de bloco disponível para não passarem constrangimento quando o consumidor pedir a inclusão do CPF na nota fiscal para receber parte do ICMS de volta e concorrer a prêmios”, alerta. Quem não tiver o equipamento poderá pedir para usar a nota fiscal do consumidor eletrônica, que é um aplicativo flexível e fácil de implementar.

As vantagens do consumidor

Segundo a Sefaz, os contribuintes piauienses vão concorrer mensalmente a prêmios em dinheiro. Para que ocorram os sorteios desses prêmios, as notas fiscais irão ser transformados em cupom com numeração compatível com a loteria federal, a fim de que o sistema possa sortear os números mais próximos da loteria. 

Outra vantagem é que a parte do ICMS das compras de varejo será retomada semestralmente para o consumidor. Para a devolução de parte do imposto pago é necessário que exista imposto pago e que haja incremento de arrecadação no estabelecimento da compra. Por isso, mensalmente, será comparado o valor da arrecadação do estabelecimento com a média mensal dos últimos 12 meses. Caso o valor da arrecadação seja maior do que essa média, então houve incremento.  Desse incremento, a Sefaz vai distribuir 30% do imposto aos consumidores. O acompanhamento será feito no site da secretaria (www.sefaz.pi.gov.br) e semestralmente será disponibilizado o valor acumulado para resgate, creditado na conta corrente informada pelo consumidor.

Caso a empresa se negue a colocar o CPF na nota, o consumidor poderá denunciá-la na ouvidoria da Sefaz, pessoalmente, no Espaço Cidadania, ou pelo internet (clique aqui). Há também a previsão para a criação de um número gratuito para o qual os consumidores poderão ligar para fazer a denúncia.

 

 

Posts anteriores