Cidadeverde.com

Receita poderá prorrogar prazo para emitir guia do FGTS doméstico

A Receita Federal informou hoje (4) que aguarda uma avaliação técnica do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) sobre os problemas que os empregadores vêm enfrentando nos últimos dias para emitir o Documento de Arrecadação do eSocial. Em nota, a Receita informou que “essa avaliação do prestador de serviço servirá de base para a avaliação do governo quanto à possibilidade de prorrogação dos prazos do eSocial”.

O documento está disponível desde domingo (1°) no site eSocial, mas a geração apresentou falhas por três dias consecutivos. O primeiro pagamento no novo modelo, referente a outubro, deveria ser feito até 6 de novembro. Quem atrasasse ficaria sujeito a multa de 0,33% ao dia, limitada a 20%. 

Profissionalização: Senac oferta curso técnico gratuito à distância

Estão abertas as inscrições para o curso Técnico em Logística pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) através da modalidade Educação a Distância (EaD). O curso é gratuito. O Técnico em Logística é o profissional que possui as competências para planejar e gerenciar instalações e operações de cadeia de logística no âmbito das organizações. O curso pelo Pronatec é voltado para quem está cursando o 2º ou 3º ano do ensino médio. As inscrições podem ser feitas nas secretarias escolares ou nas Gerências Regionais de Educação – GRE’s. 

Mais informações: 3228-9500 ou 3228-9528.

Secretário afirma: orçamento para 2016 está "o mais realista possível"

Foto: Thiago Amaral / Cidadeverde.com

O secretário da Fazenda do Piauí, Rafael Fonteles, afirmou que a proposta orçamentária do Governo para 2016 já está na Assembleia Legislativa e considerou que o documento foi elaborado "da forma mais realista possível". Em entrevista ao Jornal do Piauí desta quarta-feira (4), o gestor explicou que os gastos foram pensados "dentro do limite da receita".

"A formulação da peça orçamentária foi feita por técnicos da Secretaria de Planejamento e da Secretaria da Fazenda, para ser o mais realista possível, para que não seja necessário fazer algum remanejamento ou suplementação orçamentária logo nos primeiros meses. Não podemos superestimar nem subestimar receitas, temos que fazer a previsão com o que realmente vai acontecer", enfatizou o secretário da Sefaz.

Fonteles acrescentou que há previsão de crescimento de 3,75% da Receita Corrente Líquida para o próximo ano. "Mas precisamos parar de pensar na necessidade que temos, sem pensar na capacidade da receita. Temos que equilibrar isso. O PIB [Produto Interno Bruto] do país vai decrescer 3% este ano, por isso as receitas também vão cair. O Piauí nunca foi de sobrar dinheiro, então vamos tentar equilibrar receitas e despesas para ter mais recursos para investir. De fato, todas as áreas têm carências, mas temos um limite, que é a receita", argumentou.

Dólar tem a maior queda diária desde setembro

Diferente das previsões para o final de ano, o dólar vem registrando quedas. Nesta terça-feira (3), a moeda americana caiu 2,39%, indo a R$ 3,7705 na venda, após terminar outubro com recuo de 2,59% - na primeira queda mensal desde o mês de junho. O recuo de hoje foi a maior queda diária desde 24 de setembro, quando dólar caiu 3,73% em relação ao Real. O clima de incertezas tem afastado investidores nas últimas semanas. Economistas têm evitado fazer previsões sobre o comportamento da moeda para o final deste ano, já que as expectativas, que eram de que a moeda continuasse valorizando, não se concretizaram. A dica para quem já está com a viagem marcada para o exterior é comprar o máximo de dólar possível hoje, para que não haja risco de comprar a moeda americana mais cara na próxima semana, mas também há a possibilidade de que a desvalorização permaneça. Ou seja, qualquer atitude é um tiro no escuro.

Forbes dá 10 dicas para viajar com orçamento restrito

Com a proximidade do Natal e do Reveillon, muitos brasileiros já começam a planejar a viagem de férias. Mas, em meio a crise econômica, boa parte deles terão que enfrentar o orçamento restrito. E, para eles, a Forbes dá 10 dicas de como fazer uma boa viagem com pouco dinheiro:

1) Pense em como vai sacar dinheiro: Procure opções de bancos com cartões de débito internacionais e veja qual vale mais a pena, qual cobra menos taxas e é aceito em mais lugares. Pense nas quantias que serão depositadas, isso facilita no controle do orçamento.

2) Planeje-se para pagar pelos vistos: Além do passaporte, muitos países exigem visto para entrar e é preciso pagar para adquiri-los. Pesquise o valor na hora de pensar no quanto gastará.

3) Compre passagens com antecedência: Seja de avião ou de trem, passagens costumam ser mais baratas se compradas com antecedência.

4) Procure amigos, parentes ou hostels em seus destinos: Tente economizar dinheiro com pessoas conhecidas nas cidades. Se não tiver ninguém, procure hostels, que são mais simples e têm preço muito mais acessível do que hotéis.

5) Passe tempo em lugares baratos: Veja o que quiser em locais caros, mas tente fazer mais programas baratos para compensar.

6) Compare preços: Não aceite o preço do primeiro lugar que te fizer uma oferta, seja um hotel, um restaurante ou uma excursão. Procure mais e veja qual é o que vale mais a pena. Também é importante perguntar sobre serviço, para saber no que seu dinheiro será investido.

7) Planeje quando irá às atrações mais conhecidas: As atrações turísticas mais famosas sempre estão cheias e, normalmente, são caras. Por isso, planeje quais você faz questão de conhecer para economizar dinheiro e dedicar tempo.

8) Vá a eventos e festivais locais: Muitos deles são gratuitos ou, pelo menos, baratos. É uma oportunidade para conhecer a cultura local e fazer um programa diferente. Pesquise se acontecerá algo na mesma época em que estiver por lá.

9) Perambule pela cidade: Ao andar pela região é possível descobrir vários lugares diferentes e baratos. Dependendo do destino, é difícil economizar em hospedagem e comida, então, tente encontrar outras coisas que se encaixem no orçamento.

10) Experimente comida de rua: Sem dúvidas são os lugares mais baratos para comer! Pegue recomendações com moradores locais, amigos que já visitaram o local ou com funcionário de onde estiver hospedado.

Após suspender serviços, Azul volta a vender passagens para Parnaíba

A Azul Linhas Aéreas retomou hoje (3) suas atividades no Aeroporto Internacional de Parnaíba, após um mês sem voos para o litoral piauiense. A retomada foi acertada anteriormente, entre representantes da empresa, o superintendente municipal de Turismo Marcos Fonteles e o prefeito de Parnaíba, Florentino Neto. Já está disponível a compra de passagens aéreas para viagens marcadas a partir de dezembro, tendo como destino Fortaleza e Teresina. 

A interrupção das atividades, segundo a Azul, se deve à baixa demanda, mas, desde quando anunciou a parada, a empresa informou que voltaria a operar na alta temporada. A princípio, estão mantidos os voos até 14 de fevereiro. 

Feirão Limpa Nome começa hoje; Dívida média é de R$ 4,3 mil

A Serasa Experian realiza, a partir desta terça-feira (3), mais um Feirão Limpa Nome para ajudar os consumidores a saírem dos cadastros de restrição ao crédito, renegociando dívidas atrasadas diretamente com os credores. Até o dia 14 de novembro, os consumidores inadimplentes poderão fazer as renegociações online. Poderão participar consumidores de todo o país, através do site www.serasaconsumidor.com.br/superfeirao.

Segundo levantamento da Serasa, o brasileiro inadimplente tem dívida média de R$ 4.304,96. Além disso, 32,6% dos 57,2 milhões que se encontram nessa situação possuem quatro ou mais débitos. Com a crise, é possível que o consumidor consiga melhorar as chances de negociação, ampliando as margens de descontos, já que as empresas também querem recuperar esse crédito. Em edições passadas, houve descontos que chegaram a 95%.

Faturamento da indústria aumenta, mas não indica recuperação

O faturamento real da indústria de transformação cresceu 1,2% em setembro na comparação com agosto, na série livre de influências sazonais. Foi o segundo mês consecutivo de alta no indicador. Mesmo assim, esse resultado não sugere que a indústria recuperou as perdas registradas ao longo de 2015. Na comparação com setembro de 2014, o faturamento teve queda de 8,4%, informa a pesquisa Indicadores Industriais, divulgada nesta terça-feira (3), pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O levantamento mostra que as horas trabalhadas na produção recuram 0,7% em setembro frente a agosto. Na comparação com setembro do ano passado, a queda do indicador foi de 12,4%. A utilização da capacidade instalada caiu para 77,7%, o nível mais baixo desde janeiro de 2003.

Empregos em queda

Confirmando o quadro de recessão na indústria, o emprego caiu 1,7% em setembro em relação a agosto. Foi a maior queda mensal desde janeiro de 2003, quando começou a série histórica.  "A queda foi maior que na crise de 2008 e 2009", observa o gerente-executivo da Unidade de Política Econômica da CNI, Flávio Castelo Branco. "O indicador de emprego em setembro é 7,9% menor que o aferido em setembro de 2014", diz a pesquisa. Ainda em setembro, a massa real de salários diminuiu 1,6% e o rendimento médio real dos trabalhadores recuou 0,3% frente a agosto.

"Missão cumprida", diz proprietária da Aldatur após 26 anos no mercado

A empresária do ramo de Turismo Alda Fortes Caddah, proprietária da Aldatur, decidiu fechar as portas. Foram 26 anos organizando pacotes de viagens nacionais e internacionais, que se encerraram com uma carta de agradecimento aos clientes no último sábado, 31 de outubro. Em entrevista à coluna Economia & Negócios do Cidadeverde.com, Alda explica decisão: "Optei pela qualidade de vida e pelos meus projetos pessoais".

Carta da empresa aos clientes

A empresária afirmou que já havia tomado a decisão há algum tempo, mas esperava pelo momento certo para fechar a empresa. "Foram 26 anos de Aldatur e, antes disso, dois anos de Pivitur. Decidimos informar aos nossos clientes do fechamento porque isso é uma questão de respeito e sempre prezamos por respeito", acrescentou.

Alda Caddah já exerceu, dentre outras funções, o cargo de diretora do Theatro 4 de Setembro e diretora do Arquivo Público. Dentre os projetos pessoais que a levaram a fechar a empresa, ela destacou um projeto social chamado "Grupo da Paz", que desenvolve há 11 anos com as famílias dos oleiros do bairro Poty Velho, zona Norte de Teresina. "Dou palestras voluntárias nos bairros da periferia sobre autoestima, para pessoas da melhor idade [idosos]. Além disso, quero escrever meu segundo livro [Pássaro da Noite], curtir meus netos que moram em São Paulo e minha filha que mora em Mossoró. Enfim, quero viver", destacou.

Crise não influenciou

A empresária negou que a atual crise econômica tenha influenciado na decisão. "Não devemos nada a ninguém. A crise existe, todo mundo está passando por dificuldades, mas vai sair dessa mais a diante. O que aconteceu mesmo foi que eu precisava de mudanças", enfatizou.

Com o anúncio do encerramento das atividades, Alda conta que recebeu 187 mensagem de amigos e clientes, desejando boa sorte e relembrando os anos de Aldatur. "Estou com a consciência tranquila pela missão cumprida", declarou a empresária.

Confira entrevista de Alda Caddah ao Cidadeverde.com em 2012

 

Veja abaixo algumas das mensagens em homenagem à história da empresa e da empresária:

Emissão da guia para pagar FGTS de doméstico está com falhas

A emissão do guia do Simples Doméstico está apresentando falhas. A Receita Federal informou que existe um problema de conexão com alguns usuários. Quando a falha acontece, o próprio site aconselha a tentar novamente mais tarde e pede que seja anotado o número do ticket, que poderá ser soliticado pela Central de Atendimento.

eSocial é o site em que o patrão deve registrar todas as informações sobre o empregado para emitir uma guia para pagar todos os tributos. O primeiro pagamento no novo modelo, referente a outubro, deve ser feito até 6 de novembro. Quem atrasar fica sujeito a multa de 0,33% ao dia, limitada a 20%.

Posts anteriores