Cidadeverde.com

Banco Popular de Teresina lançará novas linhas de crédito na terça-feira (18)

Foto: Roberta Aline / Cidadeverde.com

O Banco Popular (BP) vai lançar, na terça-feira (18), novas linhas de acesso a crédito para 2020. A previsão é que participem do evento cerca de 300 empreendedores ligados a várias áreas da economia solidária e criativa, como os artesãos.

O BP é um órgão da Prefeitura de Teresina que proporciona microcrédito a pequenos empreendedores, sobretudo aos de natureza solidária. O evento de lançamento das novas linhas acontece a partir das 8h30, no auditório do Sebrae-PI.

Somente em 2019, o banco emprestou R$ 2,4 milhões. No total foram atendidos 871 empreendimentos.

Para fazer um empréstimo no Banco Popular é preciso se dirigir até ao banco portando cópias e originais do RG, CPF, dados bancários, comprovante de endereço e comprovação da atividade que desenvolve. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8 às 12h, na Av. Campos Sales, Nº 1292, Centro/Norte.

Projeto que simplifica abertura e fechamento de empresa chega à Câmara

Foto: Pixabay / reprodução gratuita

Abrir e fechar empresas poderá ser mais simples e rápido. É o que prevê um projeto aprovado na terça-feira (11) na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal. O PLS 145/2018, do ex-senador José Agripino, prevê que todo o processo seja feito por meio de sistema eletrônico específico do governo. Agora, o texto será analisado na Câmara dos Deputados, caso não haja requerimento para votação no Plenário do Senado.

A proposição muda a Lei 11.598/2007, para facilitar os procedimentos e reduzir a burocracia para abertura e fechamento de empresas. Para o autor, a informatização e a integração entre os diversos entes federativos resultará em sensível redução no tempo e no custo para se empreender no Brasil. O projeto ainda estabelece o prazo máximo de 12 meses para a implementação das medidas, depois que a lei entrar em vigor.

O relator, senador Irajá (PSD-TO), foi favorável à proposta. Ele acatou o parecer anteriormente aprovado na Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT), segundo o qual “não é razoável aguardar muito tempo e realizar inúmeros procedimentos burocráticos, em diversas repartições públicas, para exercer uma atividade econômica fora da informalidade”.

Teresina terá workshop sobre como começar ou alavancar o delivery

Foto: Yasmim Cunha / Cidadeverde.com

O consultor empresarial especialista em delivery, Raphael Silva, ministrará um workshop em Teresina com o tema “Tudo que você precisa saber para começar ou alavancar seu Delivery ”. A ideia é capacitar antigos e novos empreendedores, que desejam iniciar o sistema delivery a partir do zero.

“Teresina vive um verdadeiro boom na área de entregas de alimentos por aplicativo. Motivos não faltam: praticidade, rapidez, comodidade... as pessoas pedem em casa, no trabalho, nas reuniões, enfim, basta um clique e pronto, recebe o pedido onde estiver economizando tempo. É um segmento que cresce , mas que precisa ser bem desenvolvido para oferecer as melhores experiências para o cliente.”, destaca o consultor. 

Serão trabalhados pontos como: ter um serviço de entrega excelente, desenvolver uma embalagem diferenciada, ter mais responsabilidade sobre seu negócio, dominar todos os processos do seu Delivery, descobrir os maiores segredos por trás das campanhas de marketing, ter acesso ao melhor formato de contratação dos seus motoboy, e aprender como escolher as pessoas certas para trabalhar na sua operação e impulsionar o seu lucro.

Na ocasião, haverá a participação de convidados especiais e de respaldo nacional.
 

Local e data
O evento acontecerá no dia 17 de fevereiro de 2020, no Gran Hotel Arrey, localizado no bairro São Cristovão, no horário de 12h às 20h, com entrega de certificados digitais de participação a todos os presentes. Mais informações: (86) 99965-3463.

 

Com queda da Selic, BNB reduz juros do capital de giro

Foto: Roberta Aline / Cidadeverde.com

O Banco do Nordeste acaba de anunciar redução das taxas de juros nos produtos de crédito comercial, para empresas de todos os portes de sua área de atuação. A iniciativa acompanha o movimento de redução de taxa de juros básica, a Selic, realizado pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) esta semana.

Dentre os produtos alcançados pela redução dos encargos financeiros destacam-se a Conta Empresarial e a Conta Empresarial MPE, produto de crédito semelhante a um cheque especial cujas taxas iniciam-se em 2,86% ao mês.

O Giro Especial, produto destinado a financiar o capital de giro de empresas de forma customizada a seus fluxos de caixa, com prazo totais de até 48 meses, tem novas taxas iniciando-se em 0,56% ao mês.

Outro destaque, com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), é a linha FNE Giro, que aportará recursos com taxa de apenas 0,37% ao mês, possibilitando, assim, a elevação dos fluxos de caixas dos empreendimentos e renovação de estoques para os primeiros meses do ano. O crédito também financia aquisição de matérias-primas e insumos utilizados no processo produtivo por comércios, prestadoras de serviços, indústrias, agroindústrias e equipamentos turísticos. A garantia da operação pode ser aval, fiança ou hipoteca.

Empresas têm até 6ª para solicitar opção pelo Simples Nacional

O prazo para empresas solicitarem o Termo de Opção pelo Simples Nacional termina em 31 de janeiro. A solicitação deve ser realizada pela internet, por meio do Portal do Simples Nacional, utilizando código de acesso obtido dentro do portal ou por certificado digital.

No momento da solicitação serão verificadas eventuais pendências com os entes federados (União, estado, Distrito Federal e municípios) que impeçam, momentaneamente, o ingresso no Simples.

Na página da Receita na internet o contribuinte encontrará as orientações para regularizar pendências, tanto com a Receita Federal do Brasil como com a Procuradoria Geral da Fazenda Nacional. Não é necessário que o contribuinte se dirija a uma unidade da RFB. 

Caso o contribuinte precise regularizar pendências cadastrais, deve acessar o portal da Redesim. Para regularização de pendências com os estados, Distrito Federal e municípios, o contribuinte deve se dirigir à Administração Tributária. 

Até o momento foram realizadas 489.069 solicitações de opção, sendo deferidas 138.491. Outras 328.692 dependem de o contribuinte regularizar pendências com um ou mais entes federados.

Fundo para ajudar startups lideradas por mulheres abriu inscrições

Foto: Pixabay / reprodução gratuita

Startups brasileiras lideradas por mulheres têm até o dia 7 de fevereiro para se inscrever no Women Entrepreneurship (WE), iniciativa que quer ampliar o empreendedorismo feminino no país.  O negócio pode estar em qualquer fase de desenvolvimento, desde que seja de base tecnológica.

Valores

Segundo o Sebrae, que participa da iniciativa, as empresas selecionadas vão receber aportes que variam de R$ 50 mil a R$ 5 milhões nos próximos cinco anos.

Quem pode participar

Podem participar startups de todo o país com iniciativas tecnológicas e digitais, que tenham pelo menos uma mulher como sócia. 

Mais aportes

Além do Fundo WE, a parceria entre as empresas será responsável pelo The We.Studio, que fará aportes entre R$ 50 mil e R$ 500 mil para empresas de mulheres, além de oferecer capacitação de pessoas, negócios e de tecnologias e mentoria técnica.

Inscrições

Para participar, a startup deve se inscrever no site www.weventures.com.br e ser aprovada em todas as etapas de recrutamento e seleção, que incluem:

- inscrição
- conversa por vídeoconferência 
- reuniões com investidores

Prestes a ser inaugurada, usina de biodiesel de Floriano deve gerar 550 empregos

Foto: CCOM / Divulgação

Com a expectativa de produzir 300 mil litros de biodiesel por dia e cerca de 90 milhões de litros por ano, o Piauí inaugura, na próxima terça-feira (28), a usina de biodiesel comandada pela empresa Unibras, localizada em Floriano ( a 247 quilômetros da capital Teresina).

Fundada pela Brasil Ecodiesel em 2005, a usina funcionou até abril de 2009, quando foi desativada. O empreendimento foi um dos pioneiros no setor. A unidade foi adquirida pela Unibras, ainda no começo de 2019, que fez um investimento de R$ 60 milhões para requalificar a planta. As obras foram iniciadas em julho. 

Instalada numa área de 10 hectares, a usina ainda fica localizada no bairro Nossa Senhora da Guia e deve gerar 150 empregos diretos e mais de 400 empregos indiretos.

Ulysses Moraes, superintendente de Atração de Investimentos da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE), informou que a pasta garantiu os incentivos fiscais de 100% do ICMS para o investimento. "Isso possibilitou e viabilizou a implantação e instalação da indústria em nosso estado”, disse o gestor.

De acordo com o Diretor Presidente da Unibras, Cidinho Santos, um dos objetivos da indústria se instalar no Piauí é aproveitar a matéria-prima, que são óleos e soja. "Queremos incentivar outras cadeias produtivas e oleaginosas que podem também gerar matéria-prima para o funcionamento da indústria, gerando empregos na região e renda para o estado”, destacou.

Banco Popular emprestou R$ 2,5 milhões para pequenos negócios em 2019

Foto: Roberta Aline / Cidadeverde.com

Em 2019, o Banco Popular de Teresina emprestou R$ 2,5 milhões para pequenos empreendedores da cidade. Destes, R$ 1,7 milhão foram para mulheres - o que representa 70% do total de empréstimos.

O Banco Popular de Teresina é um órgão vinculado à Prefeitura de Teresina, e tem como objetivo principal contribuir para a elevação do nível de renda e geração de trabalho para a população de baixa renda de Teresina. Nesse sentido, abrange também empreendedores de diversas áreas ligadas a economia solidária e criativa como artesãos, lavanderias comunitárias, cooperativas, entre outros.

Para fazer um empréstimo, é preciso se dirigir até o Banco Popular portando cópias e originais do RG, CPF, dados bancários, comprovante de endereço e comprovação da atividade que desenvolve. 
Além disso, não pode haver restrições no nome e deve contar com um avalista.

 

Economia Fácil: os prós e os contras de abrir uma franquia

 

Por venderem negócios com modelos já estabelecidos, as franquias são consideradas uma opção menos arriscada para os empreendedores, mas essa facilidade tem um preço e, por isso, costumam ser mais caras que as empresas criadas do zero.

Isso acontece porque, para abrir uma franquia, você precisa pagar a taxa de franquia, que costuma ter um valor razoável, e seguir as regras de instalação impostas pelo contrato. Isso inclui, por exemplo, móveis, máquinas e materiais específicos, que muitas vezes são enviados pela própria marca e, portanto, você não tem a opção de pesquisar preços mais baixos.

O local de instalação do negócio é determinado ou tem que ser aprovado pela direção da franquia. Além disso, há também valores mensais a serem pagos, como os royalties, que é o que você paga por usar a marca, e a taxa de publicidade e propaganda. Esses valores, geralmente, são cobrados em percentuais sobre o faturamento, mas têm um valor mínimo, que no começo pode pesar bastante. 

Em outras palavras, você vai ser dono do seu próprio negócio, mas vai ter que obedecer regras de terceiros.

Para muitos especialistas, esse é um bom começo para quem está entrando no mundo dos empreendedores porque as franquias costumam fazer treinamentos de venda e de administração do negócio e você acaba tendo uma assistência maior em vários aspectos.

Mas, antes de fechar negócio com a franquia, avalie bem dois pontos:
1 – Veja se a franquia é filiada à Associação Brasileira de Franchising, porque pra fazer parte da ABF é preciso ter critérios de qualidade indispensáveis, que tornam sua escolha mais segura. 
2 – Peça a Circular de Oferta da Franquia, que é o COF. Esse documento traz detalhes do que a franquia vai exigir de você, qual o faturamento médio do negócio, o tíquete médio dos clientes, o valor mínimo para começar a operação, o balanço financeiro da empresa, a lista de franqueados ativos e também os que se desligaram da franquia nos últimos 12 meses.

Você deve tirar várias dúvidas com a direção da franquia, mas converse também com outros franqueados e com esses que se desligaram. Escolha aleatoriamente, não aceite a sugestão da franquia.

São essas pessoas que vão te falar os macetes do negócio, os pontos fortes e fracos, vão apontar os defeitos e, se você tiver sorte, talvez eles lhe mostrem como fugir de alguns problemas iniciais.

Pra fechar sua decisão, pese bem os prós e os contras. Veja se você realmente está disposto a seguir as regras e se a franquia não está prometendo resultados impossíveis. Para ter certeza, converse com um contador. 

Outra coisa, veja se você tem afinidade com a marca e com o tipo de negócio. Para abrir um bar, por exemplo, você terá que trabalhar nos finais de semana e às noites e isso desanima muita gente. 

O quadro Economia Fácil é exibido todas as quinta-feiras, no Notícia da Manhã. Veja abaixo os quadros das últimas semanas:

Economia fácil: veja como investir ajuda a controlar a inflação

Economia Fácil dá dicas de como economizar na compra de material escolar

Economia Fácil traz dicas para não se endividar na compra dos presentes

Economia Fácil explica por que não se deve deixar a dívida prescrever

Economia Fácil: como a mudança na Selic impacta no seu bolso

Economia Fácil traz dicas sobre como financiar o próprio negócio

Economia Fácil: os 5 erros mais comuns na hora de começar um negócio

PI: Semana do Empreendedorismo terá palestra sobre o "Jeito Disney de encantar o cliente"

Foi iniciada nesta segunda-feira (18) a Semana Global do Empreendedorismo. O movimento acontece em vários países e é coordenado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com o apoio de diversas instituições e empresas. Na abertura do evento, realizada hoje no auditório do Sebrae Teresina, houve o Seminário de Liderança Feminina, no formato de talk show. 

Além do seminário e de outras atividades que acontecerão na capital – a exemplo do Fórum de Educação Empreendedora e da palestra O  Jeito Disney de Encantar e Fidelizar o Cliente, com Leonarth Piancó – o evento contará também com palestras e oficinas sendo realizadas em várias cidades do Piauí, sendo coordenadas pelas unidades regionais da instituição localizadas em Parnaíba, Piripiri, Floriano, São Raimundo Nonato, Bom Jesus e Picos.

Posts anteriores