Cidadeverde.com

Secretário de segurança diz que vereador estava "no lugar errado, na hora errada"


Secretário Fábio Abreu

O secretário de segurança pública do Piauí, Fábio Abreu, disse que o presidente da Câmara de Vereadores de Esperantina, Antonio Aristides de Carvalho (PMDB) estava "no lugar errado, na hora errada", na noite de ontem (28). Ele foi morto a tiros ao tentar ajudar uma mulher após uma briga de família. 

"Ele estava no lugar errado, na hora errada, não tem nenhuma relação com questão política o que aconteceu em Esperantina, mas é claro que tudo isso será devidamente apurado e esperamos conseguir fazer a prisão dele ainda em flagrante no dia de hoje", declarou o secretário. 

O delegado regional da cidade, Anchieta Nery, divulgou uma foto do suspeito - Jailson Xavier - e pediu que qualquer informação seja repassada à polícia.

Ele explicou que o parlamentar visitava uma nora quando escutou uma briga na casa vizinha, onde Jailson mora com a esposa. Lá, o vereador flagrou o suspeito agredindo a mulher e fugindo em seguida. 

"Uma outra mulher passou mal na casa e a vítima foi oferecer ajuda, para levar ao hospital. Nesse momento o Jailson voltou armado e já disparou quatro tiros. Um deles atingiu o vereador no peito", contou. 


Presidente da Câmara de Esperantina.

Ainda ferido, o vereador foi levado para o hospital da cidade, mas não resistiu e morreu. A cidade está chocada com a violência. A prefeita Vilma Carvalho Amorim decretou luto no município. O vereador estava em seu segundo mandato e tentava a reeleição. 

 

Maria Romero com informações da TV Cidade Verde
redacao@cidadeverde.com