Cidadeverde.com

Guerra e paz

Buscamos a paz, falamos sobre a paz, necessitamos ardorosamente da paz, mas não somos mensageiros dela. Pelo menos não no dia a dia. Falamos de paz num sentido macro, algo que não palpamos, meio utópico e hipotético, e só pregamos a falta dela  quando  os fatos envolvem crimes, violência urbana,  quando na verdade a célula mãe da paz está nas pequeninas e corriqueiras coisas.  Ou pelo menos deveria estar.