Cidadeverde.com

Comunicação não violenta

"Tá com dificuldade com o grupo da família, com os amigos do trabalho, com a família do boy? Segura o tchan, e aproveita as dicas práticas para melhorar sua comunicação e se fazer entender, mesmo com quem pensa diferente de você". 

Bendito Block

Somos muito felizes na nossa bolha, nesses grupos virtuais e reais onde as pessoas sentem parecido, pensam parecido, tem os esmos posicionamentos politicos, e tudo mais. Mas quando não é assim:? E quando a opinião, o gosto, a postura do outro nos fere, nos agride? O que fazer?  Viver na Bolha ou bloquear toda diferença? É preciso saber conviver com os que são diferente de nós, mas mais ainda saber diferenciar com clareza o que é só uma opinião do que é violência,  falta de humanidade, de respeito e tudo mais. Qual o limite para conviver em paz?

 

"Rastreada por fofoqueiros"

Pior do que os fofoqueiros, que criam e contam histórias, são os co-fofoqueiros, aqueles que acreditam nas histórias, sem critica, sem questionamento, sem saber se são realmente verdade, e ainda redistribuem dando inicio ao processo de difamação. Quem nunca foi vitima de uma fofoca maledicente?  É por isso qu eu sempre digo: #PROCURESABER

Obrigada! uma semana no ar e vamos ao tema de hoje: "inveja virtual"

Faz uma semana que estreamos nossa coluna de crônica falada, FAXINA GERAL Por Patricia Mellodi, é um prazer e uma alegria poder compartilhar pensamentos, observações e ideias com o público do Portal Cidade Verde, e muito mais,   falando diretamente,  com todo respeito e bom humor, pois neste mundo em transformação nada melhor que debater sobre temas em torno do ser humano, e de todos os processos atuais e eternos da vida. Hoje nossa coluna trata da "inveja virtual", essa que a gente sente ao perceber nas redes sociais que a vida dos outros parece perfeita, próspera, bela, e cheia de amor, enquanto a nossa atravessa as dificuldades de uma vida real, nos parecendo injusto. Será que isso é verdade? O que fazer para parar de sentir esse mal estar?   

Digital influencers: fenômeno que facilita ou atrapalha?


Ter seguidores nas suas redes sociais virou um poder. Quem tem mais de mil já vira um influenciador em potencial.  Indica-se tudo, vende-se de tudo, de batom a livro, de apartamento a cavalo, de ideias a opiniões.  Quem você deve seguir? No que você pode acreditar? Mais que nunca é importante ter critério. #stopmakingstupidpeoplefamous

Quem nunca colocou ou recebeu um "joinha na hora errada?

A tecnologia da comunicação explodiu nos últimos anos, e com ela a necessidade da rapidez, da agilidade, especialmente na comunicação escrita. Temos que digitar muito rapidamente, expressar sentimentos de forma virtual, e para  isso hoje utilizamos  símbolos e abreviações, o que muitas vezes nos deixa em maus lençóis. Quem nunca colocou ou recebeu um "joinha" na hora errada? 

Posts anteriores