Cidadeverde.com

Pensando no voto, Fábio Abreu faz proposta sem futuro

O deputado Fábio Abreu (PL-PI) decidiu deixar uns dias a secretaria de Segurança para ir ali em Brasília. Mais ser bem rapidinho, tempo suficiente para apresentar uma proposta que tem tudo a ver com sua pretensão de disputar a prefeitura da capital piauiense: ele vai apresentar um projeto de criação da Zona Franca de Teresina. É uma proposta tão repetida quanto com baixíssima possibilidade de sucesso. Segundo o humor de Brasília, é uma proposta sem futuro. Mas Fábio Abreu quer saber do aceno eleitoral.

Hoje já tramitam no Congresso oito propostas de zonas francas. Uma delas contetempla o Piauí: é a Zona Franca do Semiárido, inciaitiva do deputado paraibano Wilson Filho, que passou a ter a co-autoria (para dar destaque a Picos) do deputado piauiense Júlio César. As chances de aprovação não são altas. E a de aceitação pelo governo (o atual e os próximos), praticamente nula. Há alguns anos já se discute o que fazer com a Zona Franca de Manaus, um ralo por onde escoam cerca de R$ 28 bilhões em isenção de tributos. Todo ano. Criar novas zonas francas, Brasília não quer nem pensar.

O deputado Fábio Abreu sabe disso. Mas agora o que vale é um afago para Teresina.
 

Oito propostas na fila de espera

O Congresso conta com uma penca de propostas de criação de zonas francas. São oito em tramitação. Confira a lista.

• Zona Franca do Semiário: proposta de 2015 apresentada pelo deputado Wilson Filho (PTB-PB), incluindo municípios da Paraíba, Piauí, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Bahia. Inicialmente, teria como referência a cidade de Cajazeiras. Proposta complementar do deputado Júlio César (PSD-PI) colocou Picos também como cidade de referência.
• Zona Franca de Foz do Iguaçu: tramita desde 2016, de autoria do deputado Giacobbo (PL-PR).
• Zona Franca do DF e Entorno: proposta por Rogério Rosso (PSD-DF) ainda em 2015, quanto o deputado sonhava em se candidatar ao governo do DF.
• Zona Franca de São Luiz: proposta pelo senador Roberto Rocha (PSB-MA), ainda de 2015.
• Zona Franca de Rosário: outra proposta que atende a município maranhense, iniciativa do deputado André Fufuca.
• Zona Francas do Espírito Santo: iniciativa da senadora Rose de Freitas (MDB-ES), proposta em 2017.
• Zona Franca da Uva e do Vinho: a ideia é antiga, mas foi resgatada este ano pelos deputados Jerônimo Goergen (P-RS) e Carlos Gomes (PRB-RS). Quer dar tratamento tributário especial à uva e ao vinho produzido na Serra Gaúcha.
• Zona Franca de Rio Branco: a proposta que cria zona franca na capital do Acre foi apresentada ainda em 2015 pelo deputado Alan Rick (PRB-AC).
• Zona Franca de Cruzeiro do Sul: outra proposta de zona franca no estado do Acre, esta de iniciativa do deputado Carlos Rocha (PSDB-AC).