Cidadeverde.com

Conheça José Medeiros, o piauiense que assinou clássicos do cinema como Xica da Silva

Tem novo episódio do podcast Cidade Verde. O Persona desta semana traz um personagem único: José Medeiros. Ele é um marco na fotografia brasileira. Nascido em Teresina, ele se destacou como fotógrafo de referência na fase áurea da revista O Cruzeiro. Como fotógrafo, inovou nas técnicas e nos temas. Registrou, por exemplo, a chamada expansão para o Oeste, mostrando fotos das tribos do Xingu. E produziu reportagens que se tornaram fundamentais até mesmo para os estudos acadêmicos, como a série sobre os ritos do candomblé.

Mas o piauiense José Medeiros foi muito além do fotojornalismo de revista. Ele enveredou pelo cinema e se tornou referência como diretor de fotografia. Glauber Rocha dizia que era o único capaz de fazer, no cinema, uma fotografia verdadeiramente brasileira. E lá José Medeiros fez história outra vez, assinando clássicos como Xica da Silva (de Cacá Diegues) e Memórias do Cárcere (de Nelson Pereira dos Santos).

No Persona, a trajetória de José Medeiros é destrinchada em uma gostosa conversa com o fotógrafo e pesquisador Paulo Gutenberg. Confira aqui.

VEJA TAMBÉM:
Amélia Beviláqua: depois dela, a Academia Brasileira de Letras nunca mais foi a mesma.
David Caldas: o piauiense que enfrentou o Império e a Igreja.