Cidadeverde.com

Júlio Arcoverde será indicado vice da Alepi pelo Progressistas

O deputado Júlio Arcoverde deverá ser mesmo o novo vice-presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, substituindo o deputado Fernando Monteiro, que faleceu no final de dezembro. Isso porque há um entendimento dos principais partidos – a começar pelas lideranças do Progressista e do MDB – de que a indicação atende a uma lógica partidária. Fernando Monteiro era do PRTB mas foi indicado pelo Progressista, no entendimento de fevereiro de 2019 que assegurou mais um mandato para Themístocles Filho à frente da Alepi.

Na época, havia o compromisso de Fernando de ingressar no partido presidido nacionalmente pelo senador Ciro Nogueira. O agravamento da doença do deputado acabou deixando a filiação em segundo plano. Mas a intenção de Wilson Brandão de ocupar o posto levou o presidente estadual do Progressista, deputado Júlio Arcoverde, a relembrar da cota partidária. O problema é que Wilson, mesmo sendo do partido, guarda diferenças com o comando da sigla, que o preteriu na disputa pela presidência da Alepi, em fevereiro do ano passado.

O líder do MDB, deputado João Madison diz que o seu partido vai observar a indicação partidária. “O MDB cumpre acordo e eu defendo que a bancada vote no candidato indicado pelo Progressista. Quem eles escolherem será nosso candidato”, afirmou. A avaliação entre a maioria dos políticos é que uma votação entre os deputados progressistas daria a Wilson unicamente seu voto. Os demais, alinhados com Ciro Nogueira, devem apoiar a escolha de Júlio Arcoverde.

A eleição deve acontecer no dia 7 de fevereiro. Até lá é possível que Wilson Brandão sequer esteja na Alepi, já que pode retornar à Secretaria de Mineração e Energia.
 

Progressista passa a ter bancada de 7 deputados

O Progressista vai se firmando como a principal sigla partidária do Estado. Tem o maior número de prefeitos, um senador (Ciro Nogueira) e três deputados Federais (Iracema Portella, Margarete Coelho e Átila Lira). A partir desta terça-feira passa a contar com 7 deputados com assento na Assembléia, seis efetivos e um na condição de suplente no exercício do mandato. O sexto efetivo será o deputado Bessah, que assume o lugar deixado aberto pelo deputado Fernando Monteiro. A efetivação de Bessah também abre uma vaga para um suplente assumir. E a será a deputada Belê Medeiros, também do Progressista.
Com isso, o partido passa a ter a seguinte bancada:
• Lucy Silveira
• Wilson Brandão
• Júlio Arcoverde
• Hélio Isaias
• Firmino Paulo
• Bessah
• Belê Medeiros (suplente, em exercício)