Cidadeverde.com

Óbitos por Covid crescem mais em Teresina que no interior

A cidade de Teresina vem registrando um aumento no número de óbitos, na relação com os registros do interior do estado do Piauí. Segundo levantamento da Secretaria de Saúde, no último dia 21, domingo passado, a capital piauiense somava quase 56% do total de óbitos pela Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. O índice é maior que a média nacional e muito acima da relação que tinha Teresina com o interior no início da pandemia.

Em todo o país, há um deslocamento da pandemia dos grandes centros para as cidades de menor porte. Dados do Ministério da Saúde apontavam que 19 estados já apresentavam mais casos acumulados no interior do que os contabilizados nas capitais. No registro do dia 21, as capitais somavam 41% dos casos totais, contra 59% dos municípios interioranos. No caso dos óbitos, as captais têm 52% dos registros, contra 48% do interior.

Os números são um tanto distintos em Teresina, e chama atenção especialmente pelo aumento do percentual de óbitos da capital em relação ao interior. O blog fez um levantamento dessa evolução tomando como datas os dias 21 de abril, 21 de maio e 21 de junho, observando a diferença de um mês e levando emconta os dados acumulados informados pelos sites da Prefeitura e do Governo do Estado. Pode-se observar que há tendências diferentes quanto aos casos totais e os óbitos: Teresina perde participação com o aumento de registros no interior, mas a capital vê o percentual de óbitos apresentar significativo aumento.

Na contabilização dos casos totais (ver gráfico acima), a capital piauiense tinha em 21 de abril uma participação de 77% nos registros de todo o estado (eram 159 casos em 206), índice que caiu para 52% em 21 de maio, quando eram 1.613 no total de 3.074 casos. No domingo passado, o percentual despencou para 35% (eram 5.143 casos em Teresina para 14.476 no estado).

O registro de óbitos, no entanto, aponta para uma tendência inversa: Teresina tem um aumento percentual significativo. Em 21 de abril, das 15 mortes contabilizadas 7 foram em Teresina, um percentual de 46,6%. Esse índice sobe para 52,6% em 21 de maio e para 55,9% no último domingo. O número é maior que a média nacional, que no domingo passado estava em 52%, conforme os dados do Ministério da Saúde.