Cidadeverde.com

Teresina espera galerias há quase 30 anos. Haja paciência


Av. Joaquim Nelson, na Zona Sudeste: retrato do caos em Teresina após chuva de 72 mm

 

A chuva foi de 72 milímetros, considera acima da média, mas nada extraordinária. Ainda assim, Teresina viveu o que vive quando ocorre uma chuva média ou algo acima da média: alagamentos, engarrafamentos, transtornos. Um caos.

Os problemas foram localizados em todas as regiões da cidade: na zona Leste, interrupção da BR 343 na saída para Altos; na Sudeste, foi tanta água que a Av. Joaquim Nelson ficou intrafegável; o desabamento de um muro criou problemas na nova ponte que liga a zona Sul à Sudeste (Dirceu); na zona Norte, a Av. Duque de Caxias interrompida por queda de árvore. No caso da zona Leste, o que não falta é ponto de estrangulamento, resultado da falta de galerias – uma reclamação (seguida de promessas de solução) que já dura uns 30 anos.

Questionado após a chuvas desta sexta-feira a respeito da galeria na área da Av. João XXIII, o titular da SDU Leste, Renato Lopes, informou que a obra está parada. Vale lembrar: reclamada desde o final dos anos 80 e particularmente nos últimos 15 anos, a construção da galeria volta ao debate toda chuva – ou toda eleição. Mas não anda.

O projeto (antiiigo!!) que deveria estar em andamento foi iniciado na gestão Elmano Ferrer. Parou. Foi retomado na anterior gestão Firmino Filho. Parou de novo. E agora é que não anda mesmo, porque a construtora licitada abandonou o barco. Vai precisar de uma nova licitação. E aí ninguém pode precisar o prazo para conclusão da obra.

Enquanto isso, a zona Leste vai se tornando o cartão de visita, em matéria de carência de saneamento em Teresina. Apenas para citar os principais corredores da região: não precisa mais que uma chuva média para vermos alagamentos terríveis na Presidente Kennedy, na Jóquei, na Homero, na Dom Severino, na Elias João Tajra (perto da Ininga) e até em trechos da Nossa Senhora de Fátima.

O suficiente para alongar os engarrafamentos já tão presentes no dia a dia da cidade. E criar muitos, muitos problemas para os teresinenses.

No ápice das chuvas desta sexta pela manhã, lá por volta de 7 horas, um ouvinte da Rádio Cidade Verde mandou um recado via WhatsApp: “Está tudo congestionado. Muita paciência no trânsito”.

De fato, o teresinense vem tendo muita, muita paciência. Há uns 30 anos. Pelo menos.